Regras básicas do basquete

O basquete teve sua origem nos EUA em 1891 através do professor de Educação Física da Associação Cristã de Moços – Massachussets, James Naismith. O primeiro registro de uma partida de basquetebol é de 20/01/1892. O jogo foi disputado por equipes formada por alunos da ACM de Springfield. Porém, foi um jogo fechado, não aberto ao público.

Mas em 11 de março do mesmo ano pessoas de fora da instituição puderam, então, assistir a uma partida entre alunos contra professores da instituição. Os alunos venceram os mestres pelo placar de 5 a 1 na presença de 200 espectadores.

Pelos dois anos seguintes os jogos foram realizados somente nas dependências da ACM e seguiam regras restritas a eles. Contudo, no ano de 1894, profissionais da União Atlética Amadora souberam da existência do esporte e se mostraram muito interessados. A partir disso decidiram formalizar as regras básicas do basquete.

A primeira partida feminina foi realizada em 1896. As estudantes da Universidade de Stanford venceram a equipe da Universidade da Califórnia. A grande curiosidade em torno dos primeiros anos do basquete é que os jogos eram realizados com uma bola de futebol. Somente a partir do século XX o esporte começou a se espalhar pelo mundo. Campeonatos começaram a ser disputados em muitos países. A popularidade foi tanta que o basquete passou fazer parte das Olímpiadas.

Por ser um jogo fascinante e dinâmico, o basquete conta com cada vez mais admiradores. A seguir, para auxiliar você no acompanhamento dos jogos ou até mesmo se aventurar por este esporte, listamos as principais regras do basquete. Anote e fique por dentro!

Regras básicas do basquete

1)  As equipes são formadas por cinco jogadores que atuarão em quadra. Cada time tem sete reservas;

2)  O início da partida já é emocionante. O árbitro se posiciona no círculo central da quadra com dois jogadores adversários frente a frente e joga a bola para cima. Os jogadores então disputam a bola em pleno ar;

3)  Cada partida tem duração de 4 períodos divididos em dez minutos;

4)  Quando um jogador sofre uma falta, a partida recomeça com um lançamento da bola das laterais. Se ocorre uma cesta, um jogador da equipe que sofreu o ponto lança a bola da linha de fundo para o jogo reiniciar;

5)  O jogador deve utilizar-se de dribles e passes para conduzir a bola e jamais simplesmente andar com ela. A bola deve rodar nas mãos. O quique da bola no chão é chamado de drible;

6)  Os pontos são contabilizados da seguinte forma:

  •       Lance livre: 1 ponto
  •       Dentro da linha dos 6,25 metros: 2 pontos
  •       Atrás da linha dos 6,25 metros: 3 pontos

7) Em hipótese alguma a partida deve terminar em empate. É realizado um período suplementar de cinco minutos. Se mesmo assim a partida continuar empatada, o período é prorrogado até que haja um vencedor;

8)   Se o jogador sofrer uma falta, ele tem direito a fazer dois arremessos livres;

9)  O jogador não pode ficar mais cinco segundos corridos de posse da bola. Na área do garrafão não pode permanecer mais de três segundos sem a bola. Da zona de defesa para a zona de ataque a equipe deve passar em no máximo oito segundos. Quando a equipe está de posse da bola tem 24 segundos para fazer um lançamento;

10)  Dois jogadores não podem segurar a bola ao mesmo tempo.

11)   Após passar a linha do meio, a equipe não pode voltar com a bola;

12)   O jogador pode dar, no máximo, dois passos com a bola na mão;

13)   O jogador que cometer cinco faltas será substituído, não podendo retornar ao jogo.

Enfim, não estamos aqui tentando te ensinar a jogar basquete, mas te mostrar um pouco quais são as regras principais do jogo. Agora basta você juntar amigos na sua comunidade ou escolha e começar a praticar. O basquete é um jogo emocionante, corrido e muito dinâmico. É um esporte completo, que traz saúde e disposição física para enfrentar o dia-a-dia. Pratique!

Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente