Como é um ritual de exorcismo

O ritual católico de exorcismo inclui orações, familiares, águe benta e crucifixo. Dependendo da situação da vitima, o processo pode ser mais “light” ou mais “punk”.

Nas igrejas evangélicas o ritual de exorcismo é bem diferente do ritual católico. Ele é realizado em público, e o exorcista pode até sacudir a pessoa que está endemoniada.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Antes de começar, o padre confirma que a pessoa a ser exorcizada realmente está possuída. Na maioria dos casos, os indícios de possessão são quatro: existe o predomínio de línguas desconhecidas; conhecimentos de assuntos inesperados, como segredos do exorcista; força que não condiz com o tipo físico e a idade; e ódio do sagrado. Depois de ter certeza sobre a possessão, o padre inicia o ritual, de acordo com o livro Ritual De Exorcismo e Outras Súplicas, publicação do Vaticano.

Pra começar

O ritual do exorcismo deve ser realizado em um lugar discreto, como a casa ou oratório. A família deve estrar e presente, e caso haja muita força ou violência por parte da vitima, esta é presa à cadeira ou à cama. É preciso também uma imagem da Virgem Maria e um crucifixo no local do exorcismo.

Água Benta

A aspersão de água benta sobre a vítima e sobre os familiares é um dos ritos iniciais. Podendo ser pura ou com sal serve para relembrar os votos e a purificação do batismo. Depois de aspergir a água sobre todos o padre inicia as orações.

Reza braba

Neste momento o exorcista recita salmos que falam do poder de Jesus Cristo sobre as forças de Satã. Lê também algumas partes do Evangelho. Depois ele coloca as mãos sobre a vítima possuída e profere mais algumas palavras de fé.

Pai nosso

A oração principal é rezada por todos de mãos dadas. Depois do Pai-Nosso, o sacerdote faz o sinal-da-cruz sobre o rosto do possuído e o assopra, enquanto fala mais palavras contra o Maligno.

Fórmulas de exorcismo

As orações finais são o que expulsam de fato o demônio. Existe a deprecativa, que é mais “suave”, e a imperativa, para ocasiões mais brutais. O ritual é finalizado com um canto de ação de graças, orações e benção final.

Grand Finale

Após a oração e mais água benta, para finalizar, o padre averigua se o demônio não está mais na pessoa. Se ela estiver pacífica e calma, maravilha! Caso contrário, novas sessões são iniciadas até que o exorcismo tenha sucesso.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.