As maiores e menores temperaturas no Brasil e no mundo

Diferença entre a máxima já registrada na Terra e a mínima chega a quase 150ºC.

Imagine um frio de -89,2ºC. Agora, um calor chegue a 57,8ºC. Estas são as temperaturas mínima e máxima, respectivamente, já registradas na Terra. O dia mais gelado do mundo foi 12 de janeiro de 1983, quando a Estação Vostok, na Antártida, registrou os quase 90 graus abaixo de zero. Já o momento mais quente da história de nosso planeta (ao menos desde que há registro de temperatura) ocorreu em Al’Aziziyah, na Líbia, em 13 de setembro de 1922.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Além da África, América do Norte, Ásia e Oceania são os únicos continentes que já apresentaram registros de temperaturas superiores a 50ºC. Uma tarde terrivelmente quente em 1913 no Vale da Morte, no estado americano da Califórnia, levou os termômetros a marcarem 56,7ºC, a segunda maior temperatura já na registrada na Terra. Na Ásia, o recorde se deu em Israel, em 1942, com 53,9ºC. O máximo de temperatura na Oceania foram 50,7ºC ocorridos na Austrália, no verão de 1960.

Na América do Sul, o recorde de temperatura ocorreu na cidade de Villa María, na província argentina de Córdoba, com incríveis 49,1ºC, em 1920. Os europeus já sentiram, no máximo, os 48ºC do dia 10 de julho de 1977, em Atenas. Até países frios do Velho Continente já sentiram altas temperaturas um dia: na Alemanha, o recorde é de 40,2ºC; na Dinamarca, 36,4ºC. A Escócia, por sua vez, nunca sentiu temperaturas acima dos 32,9ºC, limite facilmente superado em qualquer cidade brasileira no verão. Na Antártida, o máximo de calor já registrado foram os 14,6ºC do verão de 1974.

Quando o assunto é temperaturas baixas, a Ásia é a campeã do frio, se deixarmos a Antártida de lado. Os -68ºC registrados na Sibéria, região da Rússia, em 1892 e 1933, não são superados nem pelas maiores montanhas do Himalaia. Na América do Norte, os -66,1ºC registrados na Groenlândia em 1954 permanecem como recorde, o que a torna a região com maior amplitude entre a mínima e a máxima entre todos os continentes, com 122,8ºC de variação entre a mínima histórica e a máxima histórica.

Na Europa, os -58,1ºC registrados na Rússia em 1978 representam o recorde de temperatura negativa. A América do Sul vem bem depois, com -39ºC nos andes argentinos, em 2002. Na África, o recorde pertence à cidade marroquina de Ifrane, com -24ºC, em 1935. Na Oceania, a mínima foi de -23ºC, na Austrália, em 1994.

Aqui no Brasil, a maior temperatura já registrada foram os 44,7ºC da cidade de Bom Jesus, no Piauí, em 21 de novembro de 2005. Em 2010, a capital gaúcha Porto Alegre chegou a ser ponto mais quente do planeta na tarde de 3 de fevereiro, quando atingiu 41,7ºC. A menor temperatura registrada no país foi na cidade de Caçador, em Santa Catarina: -14ºC.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.