Como rastrear pedido Americanas -Prazo de entrega

Clientes das Americanas podem rastrear todas as etapas dos pedidos e conferir o prazo de entrega.

Desde 2012, a tradicional rede de lojas Americanas opera também em uma plataforma digital – a mesma que opera os sites Submarino e Shoptime, todos pertencentes ao grupo B2W. Todos os dados sobre as encomendas são informados por e-mail para os clientes, mas também é possível rastrear os pedidos.

Desta forma, os usuários do sistema podem obter informações mais detalhadas sobre a emissão da nota fiscal, envio para os Correios ou transportadoras, descobrir em que localidade está o produto adquirido e obter uma previsão de entrega mais precisa.

O rastreio das compras nas lojas Americanas só é possível a partir do momento em que a nota fiscal é emitida pelo vendedor: A loja online Americanas.com trabalha com estoques próprios, mas também mantém ofertas e promoções de outros comerciantes.

Durante a compra dos produtos, o site informa as condições de entrega, como os prazos. Os clientes podem optar pela entrega expressa (via SEDEX) ou padrão e a empresa informa a previsão de entrega dos produtos antes de o negócio ser finalizado.

Caso ocorram atrasos na entrega, os clientes podem registrar reclamações no site Americanas.com ou ligar para o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), através do número 4003-4848, que tambem fornece informações sobre as entregas para consumidores que não têm acesso à internet.

Como rastrear pedidos nas Americanas

Vale dizer que a empresa é conhecida pelo cumprimento dos prazos estabelecidos e quase sempre entrega os produtos com alguma antecedência. As compras efetuadas na Americanas.com são entregues de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h.

Veja passo a passo de como rastrear pedido na Americanas

Para comprar produtos na loja Americanas, os clientes devem fazer um cadastro prévio no site. Na parte superior da tela inicial, há uma aba para o login ou cadastramento. Na tela seguinte, para rastrear os pedidos, basta clicar em “meus pedidos” (no canto superior direito), no menu que se abre ao acessar a conta.

Na página dos pedidos, basta clicar sobre o número do pedido que você quer rastrear. Logo em seguida, surgem informações sobre o valor total da transação, a descrição do pedido, o vendedor responsável e a situação da nota fiscal.

Clique em “rastrear entrega”. Na página seguinte, os clientes obtêm as seguintes informações:

  • previsão de entrega;
  • empresa responsável pela venda;
  • número do rastreio;
  • nome da transportadora.

Abaixo destes dados, surge uma linha do tempo (com data e hora da operação), com detalhes da entrega: retirada do estoque, transferência entre filiais da transportadora ou envio para a agência dos Correios e previsão de entrega no local indicado no momento da compra.

Os clientes também podem rastrear os pedidos na lojas Americanas baixando gratuitamente o aplicativo Americanas.com no smartphone, sem necessidade de acessar o site. O app está disponível nas lojas do Google e da Apple e, uma vez instalado, o sistema dispensa a identificação do usuário com senha.

Pedido em transporte

As informações prestadas no site Americanas.com refletem uma previsão quase completa das entregas dos pedidos. O site, no entanto, é alimentado com dados fornecidos pelos Correios (que faz a maior parte das entregas) ou de transportadoras conveniadas, responsáveis pela remessa dos volumes maiores, como geladeiras e fogões.

Para descobrir a localização exata das encomendas, os consumidores devem anotar o número de rastreamento e o nome da transportadora. Com estes dados em mãos, é possível rastrear os pedidos diretamente no site do responsável pelas entregas.

No site dos Correios – acesse a aba “Acompanhe seu objeto” – é a primeira opção, no canto superior esquerdo da tela – digite o código (número de rastreamento) informado pela Americanas.com e clique na lupa. As informações completas sobre a operação surgirão na tela seguinte.

Caso a compra tiver sido despachada por uma transportadora parceria das Americanas, o procedimento é semelhante, mas, nestes casos, será necessário pesquisar o site da empresa responsável pela entrega.

Sobre a empresa Americanas

Lojas Americanas é uma empresa de varejo que se instalou no Brasil em 1929. A sede da empresa está no Rio de Janeiro e há quatro centros de distribuição, instalados em Barueri (SP), Nova Iguaçu (RJ), Recife (PE) e Uberlândia (MG).

Os sócios originais deixaram os EUA, com o objeto de instalar lojas populares em Buenos Aires (Argentina). No navio, conheceram alguns brasileiros, que os convidaram para conhecer o Rio de Janeiro.

Na então capital federal, os investidores perceberam que a cidade abrigava muitos servidores com renda estável, mas com baixos salários, e as lojas cariocas não estavam preparadas para atender este público.

Os estabelecimentos comerciais do início do século 20 eram setorizados e caros. Os empresários encontraram, no Rio de Janeiro, o mercado perfeito para instalar uma loja de departamentos, praticando preços populares.

No final de 1929 (ano da inauguração do primeiro estabelecimento, em Niterói), a rede de Lojas Americanas já contava com três lojas na capital federal e uma em São Paulo. O slogan das lojas era “nada além de dois mil réis”.

Em 1940, os sócios abriram o capital das Lojas Americanas, transformando-a em sociedade anônima. Em 1982, o Grupo Garantia entrou na composição acionária, assumindo a posição de controlador da rede. Em 1997, a rede Walmart assumiu a totalidade da composição do capital.

Atualmente, as Lojas Americanas são controladas pelos empresários Carlos Alberto Sicupira, Jorge Paulo Lehman e Marcel Herrmann Telles, o mesmo trio que comanda a Inbev (antiga Ambev), a GP Investimentos e outros grupos.

No final de 1999, a rede deu início ao sistema de vendas pela internet, com o lançamento da Americanas.com. Em 2005, foram inauguradas 37 lojas físicas espalhadas pelo Brasil e o grupo adquiriu o site de e-commerce e a emissora de TV Shoptime. Através de uma joint venture com o Banco Itaú, Americanas abriu a financeira, própria, o Taí.

Em 2007, a Lojas Americanas assumiu o controle da Blockbuster (rede de videolocadoras) e deu início ao modelo de gestão “Americanas Express”. Trata-se de uma rede de lojas compactas, que segue o “conceito de vizinhança” – isto é, atende as necessidades dos consumidores que vivem ou trabalham no entorno.

As lojas Americanas

Atualmente, as Americanas operam com quatro modelos de lojas, além dos canais de vendas online. São os seguintes:

Americanas – são as lojas tradicionais, com espaço de vendas de mais de 1.500 metros quadrados e um catálogo de 60 mil itens;

Americanas Express – são lojas compactas, com área de vendas em torno de 400 metros quadrados e catálogo de 15 mil itens. O porte e o estoque variam de acordo com a região de atendimento;

Americanas Blockbuster – as videolocadoras ainda existem no Brasil. Com a compra da Blockbuster, a rede de lojas Americanas destina um espaço de 100 metros quadrados nas Americanas Express em todo o país;

Americanas Local – é o mais novo modelo, inaugurado em 2016. As lojas têm tamanho reduzido e estoque limitado a artigos de conveniência. Estas lojas se concentram no Rio de Janeiro e em São Paulo.