Samurais, guerreiros do oriente

Samurai é o termo que designa a nobreza militar antes da industrialização do Japão. Até o final do século 12 a palavra samurai estava intimamente associada com os escalões médios e superiores da classe guerreira. O samurai seguia um conjunto de regras que veio a ser conhecido como Bushido. Eles eram numericamente inferiores a 10% da população do Japão, entretanto os ensinamentos samurais sobreviveram e ainda podem ser encontrados hoje tanto na vida cotidiana quanto nas artes marciais japonesas. O Zen Budismo se espalhou entre os samurais no século XIII e ajudou a moldar seus padrões de conduta, especialmente superar o medo da morte.

Em 1274, o mongol, fundado Dinastia Yuan na China enviou uma força de cerca de 40.000 homens e 900 navios para invadir o Japão no norte de Kyushu. O Japão reuniu 10.000 samurais para se defender, ante essa ameaça. O exército invasor foi assediado por grandes tempestades durante a invasão, o que ajudou os defensores, que infligiram pesadas baixas no inimigo. O mongói, por sua vez, usaram bombas pequenas, o que foi provavelmente a primeira aparição de bombas e de pólvora no Japão.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

No século XIX, o Imperador Meiji aboliu o direito do samurai de ser a única força armada, pretendendo com isso a mordernização do exército nacional no mais alto estilo ocidental. O samurai então manteve seu salário estatal, mas o direito de usar uma espada katana em público foi finalmente abolido junto com o direito de executar os plebeus que os desrespeitarem.

A seguir, documentário que conta mais dessa história:

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

2 Comentários

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.