forbrukslån depositum | forbrukslånhjelpen | forbrukslån depositum

O Brasil na Segunda Guerra Mundial

A cobra vai fumar.” Este foi o slogan que incentivou os pracinhas brasileiros na Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito armado que se estendeu de 1939 a 1945, colocando em confronto Alemanha, Itália e Japão de um lado e Inglaterra, França e EUA, de outro. A guerra se espalhou pela África, Ásia e Oceania. O Brasil participou ativamente na Segunda Guerra de 1942 a 1944. A Segunda Guerra é considerada o maior confronto bélico da história.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Na época, o Brasil vivia sob o Estado Novo (1937-1945), ditadura de Getúlio Vargas semelhante em vários pontos aos regimes fascistas instalados em várias nações europeias, o que preocupava principalmente os EUA. Caso o país se aliasse a Adolf Hitler e Benito Mussolini (respectivamente os ditadores da Alemanha e Itália), poderia ceder pontos estratégicos de apoio, para facilitar o trabalho do Eixo na África, reduzindo a resistência de um dos fronts de batalha.

Em 1940, a preocupação americana rendeu um valioso empréstimo para o Brasil: 20 milhões de dólares, valor à época suficiente para a construção da Usina de Volta Redonda (RJ). No final do ano seguinte, os EUA, que já apoiavam a Inglaterra, entraram definitivamente no conflito, em resposta ao ataque japonês à base naval de Pearl Harbor, no Havaí.

O governo americano pressionou Getúlio Vargas, para que o Brasil participasse do confronto. Coincidência ou não, cinco navios da marinha mercante brasileira foram atacados por submarinos alemães (ao menos, esta é a versão oficial) e, em agosto de 1942, o Brasil declarou guerra ao Eixo e entrou no confronto.

Politicamente, era interessante a Getúlio Vargas a aproximação com os militares, para sustentar-se no poder. No ano seguinte, foi criada a Força Expedicionária Brasileira (FEB), destacamento militar que lutou na Itália, com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB). A participação brasileira na Segunda Guerra Mundial inicialmente limitou-se a apoio logístico: Natal, capital do Rio Grande do Norte, foi utilizada como local de abastecimento para as aeronaves e base antissubmarinos.

Em 1944, foram enviados 25 mil soldados para as batalhas, que lutaram ao lado de tropas americanas. Apesar de não estar acostumada a lutar em terrenos montanhosos e sofrer muito com o frio, a FEB obteve boas vitórias em Monte Castelo, Montese, Turim e outras cidades italianas ocupadas pelos alemães. 14 mil combatentes nazistas se renderam nestes embates.

O país perdeu 943 jovens na Segunda Guerra Mundial. Os soldados brasileiros ficaram conhecidos como “pracinhas”. Com o fim da guerra, a FEB foi desfeita em 1946.

O fim da Segunda Guerra Mundial também fez soprar ventos democráticos no país. A ditadura de Getúlio Vargas, assim como a guerra, chegou ao fim em 1945.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.