Curso de mestre cervejeiro

Para iniciar uma nova carreira ou apenas para agradar os amigos, o curso de mestre cervejeiro é uma boa opção.

Mestres cervejeiros supervisionam a produção da cerveja ou chope, desde a seleção das matérias primas até o engarrafamento e acompanhamento da bebida na sua vida útil. Com a uniformização da cerveja no Brasil – as três marcas mais vendidas no país são feitas pelo mesmo fabricante –, vem crescendo o interesse por cervejas artesanais e, com a apuração do paladar dos consumidores, também a cervejaria para gastronomia, combinando pratos e bebidas, aparece com destaque, atraindo a atenção de restaurantes e bares.

Curso de mestre cervejeiro

Existem cursos de cervejeiro em diferentes níveis, dos cursos livres à pós-graduação (o Centro de Tecnologia em Alimentos e Bebidas do SENAI (Serviço Nacional da Indústria) implantou o mestrado em cervejaria na sua unidade de Vassouras [RJ] em 2011; a escola é referência na área para todo o continente americano).

Tecnicamente, o título de mestre cervejeiro só pode ser conferido a quem defender a sua tese de mestrado. Profissionais de nível médio e superior são classificados respectivamente como técnico e tecnólogo cervejeiro. Os profissionais sem formação específica são conhecidos como sommeliers de cerveja.

Enquanto os cursos livres focam principalmente a produção da cerveja – escolha dos grãos, moagem, equipamentos, brassagem (o cozimento do malte com os açúcares, necessário para a fermentação da bebida), filtragem, fervura, lupulagem, resfriamento e harmonização final, os cursos técnicos e universitários dão atenção também às propriedades físico-químicas da bebida, gestão ambiental e técnicas de administração.

O mercado de trabalho

O Brasil é o quarto maior fabricante de cerveja do mundo e o consumo (interno e para exportação) tem crescido nos últimos dez anos. Cada brasileiro bebe, em média, 47 litros de cerveja por ano.

Quem pretende atuar profissionalmente como cervejeiro deve de preparar para estudar muito. Os profissionais da área podem começar preferencialmente num bacharelado em tecnologia da cervejaria, mas os formados em Gastronomia, Química, Engenharia de Alimentos ou Biologia podem estagiar numa indústria cervejeira e fazer o curso do SENAI ou de uma instituição no exterior. Alemanha, Bélgica, Espanha e EUA concentram os principais cursos.

Quem quer apenas conhecer os primeiros segredos da produção pode matricular-se num curso rápido. Existem opções com carga horária de 20 ou 30 aulas, inclusive online. Os preços variam entre R$ 20 e R$ 50 e sites de compras coletivas oferecem bons descontos. O valor dos cursos livres presenciais gira em torno de R$ 300, mas há cursos em nível avançado que atingem os R$ 1.600.

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!


GRÁTIS: Receba atualizações por Email:

Cadastre seu email e receba atualizações do Blogadão no seu e-mail. É grátis!

Comente no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 comentários