Como anabolizantes agem no corpo?

Na busca pelo corpo perfeito, muitas pessoas seguem o caminho mais prático. Mas afinal, os anabolizantes ajudam ou atrapalham?

Para saber se o uso dos anabolizantes é mais desvantajoso do que vantajoso, é preciso conhecer sua ação dentro do organismo. O que se sabe é que em curto prazo os resultados são rápidos, eficazes e deixam o corpo com um bom aspecto físico. Os esteroides anabolizantes, mais conhecidos como bombas, provocam o aumento de água nas células dos tecidos musculares. O ingrediente principal é uma espécie de testosterona, e pode ser injetável ou via oral.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Quem usa bombas pode crescer até oito vezes mais depressa do que quem malha sem ajuda dos hormônios artificiais e como nem tudo é feito de rosas, o uso de esteroides também tem suas (muitas) desvantagens. Para ter bons resultados é importante o acompanhamento médico, alimentação saudável e exercícios adequados.

Ação Bombástica

1. Quando entra no organismo, seja pela guela abaixo, ou pelas veias, os esteroides atingem a corrente sanguínea e percorrem todo o corpo. No caminho incorporam as células, principalmente as do fígado, coração e músculos diversos.

2. Provocando o aumento de água dentro das células, a bomba faz com que elas inchem. A substância semelhante à testosterona, produzida em laboratório, faz com que o metabolismo se anime, respondendo mais rápido. Com exercícios, o estímulo dos esteroides e o inchaço das células, os músculos surgem.

3. As células dos músculos apresentam boa elasticidade e respondem bem aos estímulos, crescendo rapidinho, ao contrário dos tendões. Estes são rígido e podem se romper se o crescimento dos músculos for muito repentino, e podem até desprender dos ossos. A desvantagem fica com o excesso de testosterona, que prejudica a absorção de cálcio, deixando ossos mais fracos.

Consequências Bombásticas

1. Entre as muitas desvantagens está a impotência. Com grande quantidade de testosterona no corpo, os espermatozoides param de produzir, a vontade sexual diminui, a impotência aparece e o homem perde a capacidade de ter filhos.

2. O coração também sofre com os efeitos das bombas. Ele, assim como outros músculos, aumenta de tamanho, e fica mais propenso a paradas cardíacas. Além disso, a quantidade de líquido absorvido pelo corpo faz a pressão subir.

3. Problemas no fígado, inclusive câncer, aparecem, já que o órgão é quem processa todos os compostos que entram no corpo. Com o excesso de hormônio, o fígado fica confuso e não consegue mais trabalhar adequadamente. As situações mais extremas levam ao câncer, quando as células ficam com espécies de carocinhos.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.