forbrukslån til depositum | forbrukslån | forbrukslån på dagen

A chegada do futebol ao Brasil

O futebol moderno nasceu em 1848, na Inglaterra. Em 1894, desembarcou no Brasil.

O futebol é o esporte mais popular do mundo. É jogado em centenas de países, em campeonatos regionais, nacionais, continentais e mundiais, e também por muitos amadores. A simplicidade do jogo – bastam os jogadores, duas traves e um campinho – é o principal fator de sua popularidade. O esporte chegou ao Brasil pelas mãos de Charles Miller, nascido no bairro do Brás, em São Paulo, em 1874.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Descendente de ingleses e escoceses, o jovem Charles embarcou para a Inglaterra aos nove anos, para dar continuidade aos seus estudos. No entanto, o que melhor aprendeu foi a jogar futebol. Em Southampton, o maior porto inglês, o jornal da escola local registrou que Charles Miller era o melhor atacante do time: marcou 41 gols em 25 partidas.

De volta ao Brasil, trouxe na bagagem uma bola de futebol. Ao voltar para São Paulo, o atleta surpreendeu-se ao descobrir que ninguém praticava o esporte no país. As regras já estavam bem estabelecidas na Inglaterra: as medidas do campo, bola de couro, o goleiro – o único que pode pegar a bola com as mãos, figura criada em 1871 –, tempo de jogo e pênalti. Outras regras, como a do impedimento, foras criadas no início do século XX.

Charles Miller reuniu amigos, explicou as regras e assim começaram a ser disputados os primeiros jogos no Brasil (o primeiro teria ocorrido em setembro de 1894). Existem outras versões, no entanto. Há indicações de que marinheiros estrangeiros disputaram uma partida em 1874, no Rio de Janeiro (teria sido o primeiro jogo de futebol de praia). Quatro anos depois, tripulantes de um navio que passava pela costa, jogaram futebol numa apresentação para a princesa Isabel.

O Bangu Atlético Clube, do Rio de Janeiro, também contesta o pioneirismo de Miller: o esporte teria sido introduzido pelo técnico têxtil escocês Thomas Donohue, que teria organizado uma partida em maio de 1894, quatro meses antes do jogo organizado pelo paulistano. Há registros ainda mais antigos: funcionários ingleses da Parah Gas Company e do Western Telegraph, do Pará, teriam dado o “pontapé inicial” em 1890.

Seja como for, o futebol organizado, com a participação de jogadores brasileiros, parece ter surgido com Charles Miller. No final do século XIX, várias empresas inglesas trabalhavam no Brasil, na construção de ferrovias, distribuição de gás e energia elétrica. Em abril de 1895, foi realizada a primeira partida, entre funcionários da São Paulo Railway Company (que construiu diversas estradas de ferro no Estado) e da Companhia de Gás. Os ferroviários venceram por 4 x 2. A primeira partida ocorreu na Várzea do Carmo, região central de São Paulo.

No entanto, na primeira fase, o esporte não era nada popular. O futebol era praticado por executivos e altos funcionários dessas empresas. O primeiro time a ser fundado no país foi o São Paulo Athletic Club, que reunia ingleses que moravam na cidade. Em 1898, a Associação Atlética Mackenzie College abriu espaço para o futebol.

A primeira associação destinada exclusivamente ao futebol foi o paulista Sport Club Internacional, fundado em 1899. No mesmo ano, surgiu o Sport Club Germânia, frequentado por descendentes de alemães. O time mais antigo do Brasil, ainda em atividade, é a Associação Atlética Ponte Preta, de Campinas (SP), fundada em 1900.

Se a burguesia dominava o esporte oficial, com a organização das primeiras ligas, nas várzeas o futebol passava a ser cada vez mais visto e praticado. Mesmo assim, a prática era bastante elitista, tanto que a presença de jogadores negros só foi regulamentada na década de 1920.

O futebol passou a atrair cada vez mais torcedores. Em 1901, ocorreram as primeiras partidas entre paulistas e cariocas, embrião do Torneio Rio – São Paulo, oficializado em 1933. Foram dois empates. Em 1902, foi disputado o primeiro campeonato regional, em São Paulo. Charles Miller foi o artilheiro, com dez gols em nove jogos. O jogador continuou em atividade por mais oito anos e depois atuou como árbitro.

O Fluminense F.C. foi fundado em 1902 e estimulou a prática do esporte no Rio de Janeiro. Dois anos depois, o Botafogo de Futebol e Regatas e o América F.C. já animavam torcedores nos campos da Cidade Maravilhosa. O futebol foi oficializado na Bahia em 1905, com a fundação da Liga Baiana de Esportes Terrestres.

Mais e mais times e ligas foram surgindo pelo Brasil afora, mas a prática oficial continuava interditada a não brancos, já que a maioria dos clubes foram fundados por europeus e o preconceito era grande (ainda é). Em 1914, numa partida entre América e Fluminense, o mestiço Carlos Alberto cobriu o rosto com maquiagem, para parecer branco. Com o decorrer do jogo e o suor, o cosmético escorreu. Até hoje, os adversários chamam o Fluminense de “pó de arroz”.

Com a criação da Federação Brasileira de Sports, no mesmo ano do fatídico pó de arroz, a Seleção Brasileira entrou em campo pela primeira vez, num jogo contra a equipe de Exeter City, no Rio de Janeiro, em vitória por 2 x 0. O primeiro título veio dois meses depois, com vitória sobre a Argentina por 1 x 0, em Buenos Aires, o Brasil conquistou a Copa Roca.

A década de 1920 conheceu a popularização e profissionalização do futebol no país. De lá para cá o Brasil foi campeão em cinco Copas do Mundo, oito Copas América, três Copas das Confederações, além de dezenas de outros títulos internacionais.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.