Incrível Live-Action de Donkey Kong na vida real

Desde 1981, Mario e Donkey Kong duelam nos videogames. Chegou a hora de trazê-los para a vida real.

Em 1981, o designer de games Ikegami Tsushinki estava desenvolvendo o jogo “Popeye”, para a Nintendo. Em uma reviravolta do mercado, a gigante dos videogames perdeu os direitos do uso de imagem do marinheiro e o projeto foi definitivamente engavetado.

Shigeru Miyamoto foi chamado para desenvolver um produto substituto. Ele criou Jumpman para substituir Popeye, Pauline (a Olívia Palito repaginada) e o vilão Donkey Kong (que dá nome ao primeiro dos mais de 200 games da série), sempre na espreita da namorada de Jumpman (que recebeu este nome basicamente porque, no jogo, o personagem salta de nível em nível).

Em determinado momento do desenvolvimento do projeto, um funcionário notou que Jumpman apresentava notável semelhança com Mario Segale, executivo chefe da Nintendo em Nova York (EUA). Foi o suficiente para que o mocinho do game fosse rebatizado. Agora, Mario e seu arquirrival Donkey Kong ganham vida real – ao menos, em um curta-metragem que está fazendo bastante sucesso nas redes sociais.

O enredo

O simpático carpinteiro Mario, que acabou se transformando em encanador em função das tubulações apresentadas no jogo Mario Bros., está recebendo uma homenagem especial: o havaiano Banks (no Youtube, ele é conhecido como “My Name is Banks”), especialista em efeitos visuais, criou “Donkey Kong in Real Life”. O editor já havia realizado os vídeos “Tetris in Real Life” e uma paródia de “Call of Duty 4”.

O vídeo informa que Banks é responsável pela direção, produção, edição, efeitos visuais e trilha sonora (inspirada em sons de videogames de oito bits). Trata-se de um curta-metragem de ação com pouco mais de três minutos. No entanto, os resultados finais impressionam pelo realismo.

donkey-kong-vida-real

Banks recria as plataformas, escadarias, riscos (como as bolas de fogo e os barris rolando) e até mesmo apresenta a perda de uma vida, por Mario, que volta mais forte, ataca os barris com marretadas, enfrenta o vilão Donkey Kong (extremamente bem caracterizado) e, por fim, resgata a namorada, em uma sequência imperdível. Os personagens são atores reais.

Outro vídeo que traz como pano de fundo um dos primeiros videogames foi realizado pelo grupo francês Les Sérieux (os sérios): trata-se de “Real Donkey Kong”. O curta, com um minuto e 30 segundos de duração, é mais uma paródia. A qualidade técnica demonstra quem conseguiu o melhor resultado.

Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Quer ser avisado(a) de novas publicações?
CURTA NOSSA PÁGINA para não perder os próximos 😉