forbrukslån billig | refinansiere kredittkortgjeld | forbrukslån på dagen

A verdadeira razão pela qual os pássaros voam em V

Esqueça os textos bonitos de auto ajuda que você leu na internet e falam sobre revezamento de liderança. Novos estudos que mostram que a verdadeira razão para essa coreografia de voo pode ser simplesmente uma questão de funcionalidade.

Lembra daqueles textos que circulam pela internet – ou nas palestras sobre corporativismo de grandes empresas – que dizem que os pássaros usam a formação em V durante o voo por uma questão de liderança e que, durante o voo, eles revezam essa posição para repousarem? Esqueça, tudo bobagem. Novos estudos realizados por cientistas dos Estados Unidos sugerem que essa posição é apenas uma questão aerodinâmica.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Após acompanhar o voo de diversos pássaros pretos acompanhados por um pequeno aparelho de GPS para registrar a posição exata de suas asas, pesquisadores perceberam que coreografar o voo com extrema precisão ajuda os pássaros em sua trajetória.

Quando um pássaro voa, ele deixa um rastro de ar por onde passa. Assim, outro pássaro pode receber esse impulso por uma corrente de ar ascendente se ele permanecer voando na diagonal do primeiro pássaro. Quando todo um bando de pássaros decide usar esse truque, adivinhe? Se cria o formato de V.

Pesquisadores da Universidade da Royal Veterinary College de Londres estudaram 14 aves da espécie Íbis que voaram entre a Áustria e a Itália. As aves haviam sido treinadas para seguir uma aeronave ultraleve, como parte de um programa de conservação de espécies. Uma análise de um período de apenas sete minutos de voo desses pássaros mostrou que, quando os Íbis voaram em forma de um V, eles se posicionaram apenas nos lugares certos para explorar a corrente ascendente de ar ficando na cola de outro pássaro, o que lhes permitiu economizar energia.

Eles também mostraram que coreografam até mesmo o tempo em que batem as asas, para tirar o maior proveito possível dessa corrente ascendente, fazendo a ponta de uma asa seguir a mesma ondulação do ar da ave que esta à sua frente. É o mesmo movimento de vários carros em uma montanha russa, por exemplo.

Ok, a versão auto-ajuda pode ser mais poética, inspiradora etc. Mas a gente gostou muito mais dessa, pois toda essa dinâmica aérea resulta em uma façanha surpreendente, e mostra como esses animais são inteligentes.

Veja o vídeo:

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.