Insatisfação no trabalho

Muitas pessoas estão insatisfeitas com seu trabalho. Se você também está leia esse artigo e veja como agir diante de uma situação dessa.

Está insatisfeito com o seu trabalho? Não é de hoje que você trabalha na mesma empresa. Desde que entrou sempre buscou desempenhar seu trabalho com responsabilidade e sempre procurando fazer mais por seu departamento, mostrando ser pró-ativo. Além disso, você tem se preparado para o mercado, fazendo faculdade, cursos e línguas, tudo para ser bem visto.

Porém o cargo qual você tanto almeja está sendo preenchido por alguém que ao contrário de você nunca mostrou muita responsabilidade e comprometimento, e provavelmente você ficará nessa função por mais tempo. Nessas horas o desânimo bate e é aí que você deve fazer algumas análises de sua vida profissional para saber se vale a pena continuar nesse emprego ou partir para novos desafios.

Seja amigável mas trabalhador

Ser amigável não é ser falso ou com os colegas em busca de uma vantagem ou com o chefe, mas procurar se dar bem com todos demonstra uma pessoa tranquila que não se envolve em fofocas e problemas. Por causa dessa demonstração de amizade, muitos poderão te rotular como ´´puxa-saco“, principalmente se o chefe começar a olhar mais pra você, nesse caso, ser mais trabalhador muda tudo, pois você não está querendo ganhar a admiração de seu superior por ser legal com ele, mas por merecimento.

É desempenhar seu trabalho sempre pensando que você pode fazer melhor e dar mais de si naquele projeto, de modo que as pessoas vejam que você realmente é um excelente profissional.

Estudos e demissão

Estude muito e sempre. Aprender é algo que nós nunca podemos deixar de fazer. Quanto a pedir demissão, só o faça quando seu currículo te der esse suporte e um novo emprego já estiver praticamente fechado.

A hora de ser patrão

O Brasil é um dos países mais empreendedores do mundo, pois os brasileiros mesmo trabalhando em empresas como funcionários, sonham com um dia serem patrões. Mas qual o momento exato para largar tudo e se aventurar no próprio negócio? Com certeza o momento é quando a coragem aparecer e você perceber que seu negócio tem chances reais de darem certo.

Se você já tem um negócio próprio mas continua trabalhando em uma empresa, saia dela apenas quando o lucro recebido for maior que suas despesas e realmente seu salário já não ser tão importante assim. Do contrário, permaneça mais um pouco sendo funcionário, até sua empresa dar sinais do sucesso.

Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Quer ser avisado(a) de novas publicações?
CURTA NOSSA PÁGINA para não perder os próximos 😉