Gripe suína – Saiba mais sobre esta epidemia

Pânico. Este é o sentimento de pessoas no mundo todo causado pela gripe suína. Uma epidemia que ameaça se alastrar rapidamente por todos os cantos do planeta.

Desde a última sexta-feira (24/11), a gripe suína, também conhecida por influenza suína, é notícia no mundo inteiro devido ocorrências de infecções em humanos no México e nos EUA.

Conheça mais sobre esta nova pandemia mundial:

O que é a gripe suína?

É uma doença respiratória que tem origem em criadores de porcos, um vírus gripal do tipo A que se propaga rapidamente. A transmissão para humanos acontece por meio de pessoas que estejam em contato com esses animais. A epidemia da variante do vírus da influenza suína A/H1N1 teve início no México, atingindo logo em seguida os Estados Unidos.

Quais os sintomas da gripe suína?

São similares a da gripe comum, porém mais fortes. Normalmente o paciente apresenta febre acima de 39 graus, acompanhada por tosse e dores de cabeça, nos músculos e nas articulações.

Devo parar de comer carne de porco?

Não. Não há registro de transmissão da gripe suína através da ingestão de alimentos. O vírus da gripe suína não resiste à temperatura superior a 70ºC, recomendada para a preparação de carne de porco e outras carnes de alimentação humana.

A gripe suína tem cura?

Quando tratado em até dois dias após os primeiros sintomas, há maiores chances de eficácia no tratamento. São administradas drogas antivirais para impedir que a doença se reproduza dentro do corpo humano.

Existe vacina contra a gripe suína?

Para os humanos ainda não. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacina existente é para um tipo anterior do vírus, não eficaz para esta variante. A produção da nova vacina deve acontecer em até 6 meses, na medida em que o vírus é identificado.

Quais países foram afetados por surtos da gripe suína?

México, EUA e Canadá são os países que já confirmaram casos até agora. Países da América Central, do Sul e países da Ásia já tomam providencias para evitar a entrada da gripe suína. No Brasil os viajantes passam por uma verificação de sintomas ainda nos Aeroportos.

Enfim, para ler mais, acesse:

Gripe suína: esclareça as suas dúvidas
– Gripe suína: entenda como a epidemia começou

Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

4 Comentários

  • Mariana, existe cura sim. Os sintomas da gripe comum e do Influenza A (H1N1) são parecidos, assim como o tratamento pode ter medicamentos em comum. A taxa de letalidade também é semelhante à da gripe comum (de 0,4%) e, do total de pacientes diagnosticados com esta doença, 99,6% dos casos evoluem para a cura. Se você quiser mais informações sobre o Influenza, acesse a página exclusiva que o Ministério da Saúde mantém na internet: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area.cfm?id_area=1534

    Assessoria de Imprensa
    Ministério da Saúde

  • por que voces não botam se existe cura para a gripe suina?uma pessoa pode ter um trabalho sobre a influenza(h1n1)e não pode, voces são uma porcaria.

  • Só que nos resta é rezarmos para que Deus tenha misericórdia de nós e que esta gripe não venha para cá.Não temos estrutura para combater este tipo de coisa , já temos mazelas aqui que nosso governo não da conta do recado (febre amarela e dengue) ! Isto sim me assusta!!

    Abraços

  • Gripe suína – Saiba mais sobre esta epidemia » Blogadão…

    Desde a última sexta-feira (24/11), a gripe suína, também conhecida por influenza suína, é notícia no mundo inteiro devido ocorrências de infecções em humanos no México e nos EUA….

Comente

Quer ser avisado(a) de novas publicações?
CURTA NOSSA PÁGINA para não perder os próximos 😉