Exercícios que melhoram o cérebro

Coisas simples como dar uma volta ou aprender um instrumento ajuda o cérebro a funcionar. Ler e conversar é fundamental.

A massa cinzenta do cérebro pode ser modelada de modo impressionante. Segundo Sidarta Ribeiro, importante neurologista do Brasil, ler e conversar são as atividades que mais aperfeiçoam o cérebro. Mas para melhorar determinadas áreas, como concentração e memória, os exercícios são diferentes.

exercicios-que-melhoram-cerebro

Sete faculdades americanas publicaram em 2008 um estudo interessante: teatro e música aprimoram a concentração e ajudam tanto a memória que é possível expandir os bons resultados para outros locais. Pessoas que estudam instrumentos musicais tem mais facilidade com geometria e interpretação de texto. Os estudantes de teatro têm ótima memória e capacidade de ser concentrar, devido aos textos e atuações.

Em 2007 a escola medicinal de Harvard comandou um estudo curioso. Neurocientistas usaram voluntários para tocar piano. Eles usaram uma semana, duas horas por dia para se dedicar a alguns exercícios simples. Ao fim de tudo, imagens do cérebro mostraram que a região da massa cinzenta que controla os movimentos dos dedos havia aumentado. A parte impressionante veio quando outros voluntários apenas imaginaram que tocavam piano. O resultado foi o mesmo. Ou seja, pensamento positivo funciona, mas só isso não adianta. Alguns exercícios inusitados podem ajudar.

1. Nozes – Ômega 3 é um ótimo ingrediente para a memória. Nozes, salmão e óleos vegetais são uma boa. Vitamina B9 também colabora e pode ser encontrada em verduras, legumes, grãos e órgãos de animais.

2. Relax – Edward Hallowell, psiquiatra americano, diz que um teste difícil precisa de calma. Respire, conte até 20 para se acalmar. Assim o cérebro percebe que as coisas estão bem. Ao ler um texto longo, leia lentamente, isso ajuda a compreender.

3. Jogos – Qualquer pessoa pode melhorar a inteligência jogando pela atenção cerebral necessária. A Nintendo fez em 2006 o Brain Age, um jogo feito especialmente para aumentar o raciocínio.

4. Aparência – Parecer inteligente também ajuda. Fazer grandes contas de cabeça, saber a localização de países que ninguém lembra no mapa e responder a testes de raciocínio rapidamente melhora a atenção e qualquer um fica com pinta de inteligente.

5. Imaginação – Crianças tem a incrível capacidade de fazer ligações alucinadas. Isso porque elas imaginam sem se prender à realidade. Seja criança, brinque, pule e imagine coisas absurdas. Desse modo as conexões cerebrais ficam mais potentes e o raciocínio melhora.

6. QI – Resolva testes de inteligência. Quanto mais você entende o ponto chave para decifrar os testes, mais rápido resolve os próximos. Quando menos perceber, algumas coisas que você não imaginava a algum tempo como entender teorias malucas serão possíveis.

Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

  • 4. aparencia: esta hipotese de saber alguns paises que ninguem se lembra no mapa é facil… pode se dizer que nova papua ou outro pais ou naçao desconhecido ou ate inventado… fica no continente americano quem vai discordar…

Comente