forbrukslån raskt | http://www.forbrukslånhjelpen.no | forbrukslån

Um simulador de corrida de tirar o fôlego!

Uma boa notícia para quem curte velocidade: uma empresa inglesa está lançando um simulador extremamente realista.

Os apaixonados por corridas de automóveis que não tem recursos para pilotar um carro de Fórmula 1 – a imensa maioria, com certeza – podem sentir o gostinho da velocidade de finalmente brilhar nos autódromos. A empresa Motion Simulation, com sede em Londres (Inglaterra) está inaugurando a Motion Simulation Room, bem perto do Aeroporto Heathrow.

Inicialmente, a empresa inglesa produzia simuladores apenas para treinamentos de pilotos (ou candidatos a piloto) do mundo inteiro. Os treinos, no entanto, precisavam ser muito próximos à realidade, inclusive com imagens fiéis dos autódromos, suas curvas, pontos de ultrapassagem, além das especificações dos carros – afinal, pilotar um carro de Fórmula Indy é muito diferente de um carro GT (Gran Turismo).

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

motion simulation 1

O “custo do brinquedo” também não é nada convidativo – alguns modelos chegam a custar mais de 35 mil libras esterlinas (pouco menos de 190 mil reais). A novidade está na Motion Simulation Room (Sala de Simulação de Movimento).

Vivenciando o movimento

A sala é equipada com diversos simuladores. O piloto virtual pode escolher entre provas de Fórmula 1, caminhões, jipes de rally, GT e touring cars (modelos comerciais de automóveis radicalmente modificados para correr nas melhores pistas do mundo).

Os cenários também podem ser modificados. Praticamente todos os circuitos que sediam provas da Fórmula 1 podem ser solicitados, além de autódromos menores, como os que recebem as corridas da Fórmula 3 inglesa, onde começaram a carreira pilotos como Jackie Stewart, Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna e Rubens Barrichello.

motion simulation 2

Os principais diferenciais da Motion Simulation Room são a veracidade das corridas. Pilotando um simulador T3 (significa um carro de três blocos), o piloto pode acelerar até duas gravidades (a aceleração gravitacional é definida como g = 9,8 m/s2) e sente todos os efeitos desta aceleração.

A empresa inglesa garante que a definição da tela esférica é de seis milhões de pixels (um monitor tem 1024 x 768 pixels), distribuídos em uma visão de 200 graus.

Para quando você for

Está certo, nem tudo são flores. Uma passagem aérea para Londres – só de ida – não sai por menos de R$ 1.700, e é preciso calcular os custos de hospedagem, transportes, refeições e passeios. Mas é necessário pensar pelo lado positivo: será possível conhecer o Big Ben, o Palácio de Buckingham, a Abadia de Westminster e curtir uma visual panorâmica da cidade do alto do Big Eye, uma roda gigante construída para as comemorações do novo milênio.

O site da Motion Simulation pede que os competidores agendem a aventura previamente, cheguem com pelo menos 30 minutos de antecedência. É preciso estar calçando sapatos rasos e desaconselha o uso de calças justas.

A altura mínima para usar os simuladores é 1,50 metro. Os mais baixinhos não conseguem manobrar de maneira adequada, nem alcançar os pedais. Os preços, para as sessões que duram 45 minutos (divididos em treinamento, qualificação e corrida) são os seguintes:

  • iniciantes: 15 libras esterlinas por sessão;
  • intermediários: 45 libras esterlinas por sessão;
  • avançados: 60 libras esterlinas por sessão.

Divirta-se!

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.