forbrukslån | søke om forbrukslån | billig forbrukslån

Trabalho infantil no Brasil um grave problema social

Estatísticas comprovam que o trabalho infantil no Brasil continua sendo um problema sem solução.

Por que o índice de trabalhadores infantis no Brasil é tão alto? Quais as causas que levam os pais à por seus filhos tão cedo para trabalhar? E essas crianças quando crescem, são adultos dignos e honestos ou se tornam adultos que cometem crimes? Eis algumas perguntas que pairam na cabeça de educadores, psicólogos, sociólogos e políticos sérios que estão se empenhando para resolver este grave problema social.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Perguntas muito difíceis de responder, gráficos demonstram que a região nordeste é a região onde existem mais trabalhadores infantis no país. Por conseguinte é considerada a região mais pobre do país, isso talvez seja a causa principal dos pais colocarem seus filhos tão cedo para trabalhar.

O filho trabalhando, causa um certo conforto aos pais de baixa renda, pois eles acreditam que o risco de ele se marginalizar é menor, e consideram que fazendo isto, conseguirão um aumento, às vezes, insignificante, na renda familiar. Obrigando assim a criança dos 5 aos 15 anos a fazerem trabalhos pesados e que até certo ponto lembram os tempos de escravidão.

E isto é de uma crueldade para com a criança que deixa seqüelas para o resto da vida. A infância talvez seja a idade mais brilhante para o ser humano e a mais importante, pois a personalidade é constituída nessa época, uma infância deliciosa, de brincadeiras, de fantasias que preparam a criança para ser um adulto mais alegre e preparado para as competições e dificuldades da fase adulta. Mas quando essa fase de competições e de dificuldades é prematura, pode causar um amadurecimento disforme, e por consequência marginalizar o indivíduo.

A criança trabalhadora executa serviços braçais pesados e cruéis e é mal remunerada, e isto pode causar um efeito contrário a aquilo que os pais imaginam. A criança por trabalhar tanto e não ver recompensa, pode se tornar na fase adulta, uma pessoa cheia de traumas e de complexos, além dos problemas físicos por fazer um esforço físico exagerado que acaba comprometendo todo o seu desenvolvimento futuro.

Realmente não é aconselhável criança trabalhar, lugar de criança é na escola, aprendendo, brincando e trabalhando em outras áreas, a área dos bons modos, dos bons valores, do respeito e da educação.

Mas o que fazer para mudar esse quadro no país?

Segundo sociólogos, o governo federal deveria investir em campanhas para o controle da natividade. Aos pais, cabe a obrigação de ter números de filhos que a sua condição social permitir, não ter filhos em grande número como observamos nas regiões mais pobres, essas são consideradas medida a longo-prazo.

Uma medida imediata e em curto prazo seria, um programa que substitua o trabalho que as crianças executam por escolas, deveriam investigar o local onde o empregador desfruta do trabalho infantil e destruí-lo e construir escolas e quadras de esporte, se no caso da criança trabalhar na própria lavoura dos pais, uma renda extra, devia ser dada aos pais que tirarem seus filhos do serviço e matriculá-los em escolas próximas ou em cursos de atividades extras.

Estas medidas têm que ser urgentes, pois crianças morrem por executar serviços muito pesados ou desenvolvem doenças graves na fase adulta pelo contato com minas de carvão, área onde foi constatada a maior incidência de trabalho infantil. As crianças têm que ser levadas mais a sério, afinal de contas elas serão o futuro da nação.

 

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.