opp finans erfaringer | forbrukslån billigste rente | forbrukslån på dagen

Smartphone: já se falava dele há 104 anos atrás

Moderno pero no mucho. Quem acha seu smartphone um aparelho supermoderno, com certeza não faz ideia de que ele já havia sido idealizado em 1909.

Quem se acha super moderno com seu Smartphone em mãos com certeza não tem ideia de que levou muitos anos entre a idealização do aparelho até sua concepção. Isso porque o Senhor da foto acima, o inventor Nikola Tesla – mais conhecido por suas contribuições revolucionárias no campo do electromagnetismo, já havia predito a invenção do aparelho com o qual fazemos chamadas, enviamos mensagens e acessamos à internet, entre outras modernices.

Nikola Tesla

Em entrevista ao jornal New York Times, em 1909, o inventor fez a seguinte previsão:

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

“Em breve será possível, por exemplo, que um homem de negócios em Nova York dê instruções e que elas apareçam instantaneamente escritas em Londres, ou qualquer outro lugar do mundo. Esse homem poderá fazer ligações de seu escritório e falar com qualquer pessoa no mundo pelo telefone. Somente será necessário levar um instrumento não muito caro, não maior que um relógio, que lhe permitirá escutar em qualquer lugar, seja na terra ou no mar, a milhares de quilômetros.”

Simon, da IBM

Simon, da IBM

Ok, não tão em breve e nem tão barato. O Smartphone (ou telefone inteligente, em inglês) só virou realidade em 1992 e com outro nome: era o Simon, da IBM, e custava cerca de 900 dólares. Simplezinho para os dias atuais, ele possuía fax e touch-screen, o que havia de mais moderno na época. Em 2002, chegaria ao país a versão brazuca, por quase três mil reais. Era o QCP 6035, da Kyocera, primeiro a ter funções de celular e de computador. Hoje, o Smartphone da vez é o iPhone, da Apple.

qcp-6035-kyocera

QCP 6035, da Kyocera

Lançado em 2007, ele já se encontra em sua quinta versão e deixa seus antecessores no chinelo.

No mais, Tasla acertou em cheio. Além de tudo isso o que ele disse, nossos telefones inteligentes nos permitem “ouvir a música de um cantor, o discurso de um líder político, o sermão de um religioso, a palestra de um cientista. Cada um terá sua própria conferência compartilhada com o mundo”. Sábias palavras…

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.