Saiba como diagnosticar e tratar a meningite

Cuidar da saúde é fundamental para que não tenha nenhuma doença. Mas, às vezes, você pode ser surpreendido. A meningite é uma doença que chega como se fosse uma gripe, pensamos que é algo fraco e quanto vemos já estamos internados.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Esta doença chega a matar 10% das pessoas que a tem, e em 50% dos casos a doença atinge a corrente sanguínea o que é necessário fazer um tratamento médico mais severo. A meningite é uma doença que consiste na inflamação das meninges, estas são membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhas. Pode ocorrer por vírus ou bactérias. A meningite bacteriana é a mais grave e pode trazer consequências graves como infecção generalizada levando até a morte.

Os sintomas são muito parecidos com o de um resfriado ou gripe, a pessoa tem febre alta, dores de cabeça, vômitos, o pescoço fica rígido, tem moleza, irritação, fraqueza e manchas vermelhas na pele. Estas manchas parecem picadas de mosquitos, que podem ir crescendo.

É uma doença que tem uma evolução muito rápida, podendo levar a pessoa a morte em menos de 48 horas, por isso que se você tiver o mínimo de suspeita é importante procurar um médico. A confirmação do diagnóstico é feita retirando um líquido da espinha. Infelizmente, não existe uma vacina única para prevenir todos os tipos de meningite. Mas existem vacinas específicas para as principais bactérias. As crianças tomam todas as vaginas contra a meningite, pois é obrigatório no calendário de vacinação.

Verificar se o seu filho tomou todas as vacinas é muito importante, pois até os 6 anos as crianças têm um sistema imunológico muito baixo, portanto as chances de ser contaminado por esta doença é muito grande.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.