Roupa feita com bactéria

A tecnologia parece, cada vez mais, nos surpreender sem ter previsão de quando essas inovações irão parar. E não é para menos. O desenvolvimento da tecnologia acompanha o desenvolvimento humano. Criamos coisas para nos satisfazermos – e isso pode ser muito bom ou muito ruim.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Esgotamos muitos recursos naturais do planeta onde vivemos, graças ao nosso consumismo, e, agora, queremos reverter a situação buscando inovações sustentáveis nos nossos meios de produção e nos próprios produtos que consumimos. No caso da moda, existe uma novidade importante neste sentido: alguns estilistas estão desenvolvendo roupas que são feitas a partir de bactérias.

Esse tipo de técnica é chamado de biocostura e é algo que tende a se tornar bastante comum nos próximos tempos. Suzanne Lee, por exemplo, é uma estilista que faz uso desse tecido feito a partir da fermentação de chá verde com açúcar. Esse processo degrada a cafeína presente no chá e produz uma espécie de fibra. Essa fibra forma placas finas de celulose com uma textura bem interessante.

O nome desse tecido feito de fibras é kombuchá e tem algumas propriedades surpreendentes. As formas como esse tecido pode ser manipulado aumentam os pontos positivos deste tipo de produção. A tendência é que mais marcas comecem a utilizar esse tipo de material para produzirem suas roupas. A moda também pode ser sustentável assim como todos os outros aspectos de nossas vidas.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.