Rock and Roll: Um estilo musical ou um movimento social

Um estilo musical que revoluciona gerações e que gera ídolos imortais até hoje.

Sem sombra de dúvidas o mais notório estilo musical, ou você o ama, ou você o odeia, um estilo musical que revolucionou uma década, um século e um milênio e que hoje indiscutivelmente é o estilo de música que mais gera lucro, renda e que possui a maior quantidade de fãs no mundo.

O verdadeiro Rock n’roll é um estilo musical eletrizante e que tem sua marca na originalidade e no carisma de seus adeptos. Ao contrário que muito pensam não é uma anarquia, com shows marcados pela violência dos fãs e pela a adoração ao demônio. Muitas pessoas associam o rock a estes fatores, o que não é verdade.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

O rock transcendeu a si mesmo, não sendo mais apenas um mero estilo musical. Transformou-se numa atitude, numa ideologia, num modo de se vestir, numa revolução que se desenvolve a décadas. E pensar que tudo começou com um pacato americano que na infância cantava no coral de uma igreja, e que na adolescência, resolveu fazer um topete, vestir-se com roupas diferentes e mexer os quadris de uma forma estranha e sair por aí cantando músicas agitadas para o repudio e desespero dos mais conservadores.

É lógico que estou me referindo ao rei do Rock n’ Roll, Elvis Presley, o precursor do rock no mundo. Para a época foi uma ousadia. Os mais velhos abominavam aquela novidade, as televisões americanas mostravam os shows de Elvis da cintura para cima, para ninguém ver a maneira estranha como ele se mexia e interpretava as suas músicas, mas mesmo com todas as adversidades, o Rock foi uma febre mundial que em pouco tempo conquistou adeptos no mundo inteiro. No Brasil, existem muitos bons nomes, mas quem é considerado o rei do rock é indiscutivelmente Raul Seixas. Um facínora da ditadura que conquistou muitos fãs com suas letras utópicas, seu carisma e sua originalidade.

Mas com o passar do tempo o sentido do rock foi completamente invertido. O que era para ser uma atitude transformou-se numa profanação. Bandas ou verdadeiros exércitos satanistas incorporaram-se no Rock fazendo com que a imagem do rock seja totalmente deturpada. E não é por menos, algumas bandas fazem rituais horrendos em seus shows, sacrificando animais e bebendo o seu sangue, outros fazem uma verdadeira apologia às drogas e a violência e o que é pior fazem um grande sucesso entre os jovens.

Apesar do pesares, hoje o Rock é considerado um movimento social pela sua grande influência sobre seus admiradores. O Rock é capaz de mudar uma vida, fazendo com que pessoas se vistam diferente, deixando o cabelo crescer, ou simplesmente radicalizam ficando completamente carecas, fazem tatuagens, acabam assim se expressando para o mundo e para as pessoas. Essas atitudes simplesmente são a essência do rock.

O Rock já desenvolveu outros grandes cantores e bandas de renome mundial como: os Beatles, Rolling Stones,U2, Jimi Hendrix, The Doors, Sex Pistols, Chuck Berry, Bob Dylan, Led Zeppelin, Deep Purple, Queen, Aerosmith, Black Sabbath, AC/DC, Iron Maiden, Guns n’Roses, Nirvava, Pearl Jam entre outros.

No Brasil destacam-se: Legião Urbana que foi um das maiores bandas de rock dos anos 80 e 90 no Brasil, RPM, Ultraje a Rigor, Ira!, Titãs, Barão Vermelho, Raimundos, Charlie Brown Junior, Sepultura, Engenheiros do Hawaii, Blitz, Os Paralamas do Sucesso, Rita Lee entre outros.

E você, mesmo que não goste em algum momento de sua vida ouviu alguma música desses nomes notórios do RocK and Roll. É preciso respeitar esse estilo musical que acabou se tornando o maior fenômeno da música mundial.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.