Rebeldia: Saiba o significado dessa palavra

Entenda qual é a importância dessa palavra para vencer as dificuldades do dia a dia.

Rebeldia é uma palavra às vezes mal interpretada pelas pessoas no dia a dia. A maioria das pessoas pensa que esta palavra representa pessoas que cometem vandalismo ou pessoas adeptas ao anarquismo. Mas a essência dessa palavra não significa isso. Entenda qual a importância desse estado de espírito que é fundamental para quem alimenta a esperança de vencer as dificuldades e livrar-se das condições cruéis e desiguais pelas quais somos submetidos todos os dias neste mundo em que vivemos.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Revolucionários, gênios da arte, da política, do esporte ou de qualquer outro segmento da atividade humana, que marcaram a história da humanidade ou não, foram em todos os momentos de suas vidas, marcados ou literalmente possuídos por essa tal rebeldia.

Rebeldia de lutar até a morte por um objetivo, de arrancar as vísceras de um homem por um sonho, por uma liberdade, de enfrentar toda uma multidão para provar um pensamento, uma tese científica, de chocar as pessoas com palavras de ordem, de surpreender e até de aborrecer pessoas com feitos extraordinários que só seriam reconhecidos séculos depois, enfim, tudo foi, é, e sempre será abençoado pela rebeldia de seres que ousam desafiar.

É preciso rebelar-se para vencer. Bendita rebeldia que leva a morte, às vezes a nossa própria, mas em sua maioria, a morte de uma lei, de um sistema político e econômico injusto e desigual, de um pensamento retrógrado que nos leva ao sofrimento e a escravidão.

Não encontro palavras para descrever a rebeldia, é algo divino e indecifrável. Às vezes ela nasce em meio ao ódio, às vezes em meio ao amor, mas é muito subjetiva, cada pessoa precisa de uma dose de rebeldia para viver, mesmo que seja apenas uma gota, uma gota é suficiente para que a verdade seja revelada, para que os erros sejam mostrados e até corrigidos, para que as pessoas mudem ou pelo menos, reflitam sobre atos impensados. Este estado de espírito é capaz de fazer com que nós tenhamos a exata noção da existência e que cheguemos a descobrir direitos desconhecidos, mas que somente a nós nos confere.

A rebeldia não se encontra apenas em grandes revoluções, em pessoas iluminadas e corajosas que ousaram ou ousam desafiar, na violência ou no fanatismo dos mártires, mas a rebeldia verdadeira, a essência deste espírito, está na pessoa mais humilde. Aquela que tem opinião própria, que não se deixa humilhar, que batalha, que combate o bom combate do trabalho, que chega ao limite físico para ganhar o pão de cada dia, que sacrifica às vezes coisas importantes para conquistar outras que sempre sonhou, que sofre injustiças e desigualdades, mas que no final de tudo, nunca desanima, que mesmo numa situação que todos julgam certa a derrota ela ainda acredita na vitória, que ousa sorrir nos momentos tristes, que luta todos os dias pelas pessoas que ama.

Essas sim são as pessoas rebeldes, que absorveram a rebeldia verdadeira, não a falsa rebeldia da violência e do desrespeito, da trapaça e da injúria.

Considero a rebeldia e a liberdade como fatores principais para o desenvolvimento de uma pessoa, de um povo e de uma nação por isso liberte a rebeldia que está dentro de você, liberte-a em atitudes boas, sinceras e originais que tenham como principal objetivo o bem estar de si próprio e de seu semelhante.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.