Qual o melhor chá para emagrecer?

Confira ervas que podem ajudar no emagrecimento, mas não acredite em poderes miraculosos

Diversas ervas podem auxiliar no emagrecimento, mas são coadjuvantes da reeducação alimentar aliada a exercícios regulares. Conheça alguns chás para emagrecer.

Por exemplo, a cavalinha desintoxica e auxilia na eliminação da celulite. O dente-de-leão é diurético, reduzindo a retenção de líquidos. O hibisco reduz a gordura e também a retenção de líquidos.

Além disso, combate os radicais livres, retardando o envelhecimento. O chá verde é um dos mais populares nas dietas: combate a má digestão e desintoxica o organismo. O chá de oliveira auxilia na queima de gorduras na região do abdômen. Todas essas ervas podem ser encontradas em lojas especializadas e os preços são acessíveis. Essas infusões devem ser tomadas várias vezes ao dia e sem açúcar, evidentemente. Há vários sites com receitas e quantidade de líquido.

No entanto, médicos e nutricionistas alertam para o perigo das dietas consideradas milagrosas.

O resultado mais frequente é o efeito sanfona: a pessoa emagrece, volta a comer em demasia, ganha peso, entra em nova dieta, perde peso, ganha peso, num círculo vicioso que parece não ter fim. O problema não é apenas estético. Estudos apontam que a obesidade está relacionada à hipertensão, ao diabetes e, em alguns casos, à depressão. Ao contrário, pessoas que emagreceram e mantiveram essa perda reduziram os riscos à saúde e com isso, aumentaram a expectativa e qualidade de vida.

O segredo está na combinação de reeducação alimentar e a alimentação do sedentarismo, inicialmente com exercícios leves, como caminhadas, por exemplo. Na reeducação alimentar, o paciente aprende a comer para viver, e não o contrário, e os chás são bons auxiliares: além de suas características específicas, eles dão a sensação de satisfação, o que reduz a fome e o consequente risco de “assaltos à geladeira”. Os exercícios regulares ampliam a sensação de bem-estar, tonificam a musculatura e fortalecem a respiração e a função cardíaca.

Estas atividades devem ser supervisionadas por especialistas. Um endocrinologista é o profissional que indica a dieta e prognostica os resultados reais que poderão advir. Os exercícios também devem ter supervisão, já que feitos de forma errada podem gerar lesões sérias nas articulações.

Se você é gordinho(a) há muito tempo (por exemplo, desde a adolescência), não acredite que vá conseguir definir um corpo de modelo da Fashion Week. Poderá perder peso, mas a sua estrutura orgânica já está definida. Além disso, muitos profissionais condenam o culto à magreza, também relacionado a diversas doenças.

Por fim, adquira as ervas para chás em locais confiáveis. Como eles estão na moda, há muita gente vendendo erva, mas erva daninha.

Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente