Quais os tipos de anemias e como identificar

Segundo a estatística realizada pela OMS (Organização Mundial da Saúde), 30% dos habitantes da Terra tem algum tipo de anemia. A deficiência de hemoglobina (os glóbulos vermelhos) do sangue, causada pela diminuição de uma ou varias vitaminas, atende pelo nome da tão conhecida Anemia. Na maioria das vezes as crianças menores de dois anos são as mais acometidas pela doença. Os sintomas aparecem normalmente com um cansaço constante, o apetite diminui consideravelmente, e a criança em idade escolar tem um baixo índice de rendimento.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Há vários tipos, como por exemplo, anemina ferropriva (deficiência de ferro no organismo). Essencial para a vida e criação dos glóbulos vermelhos, o ferro é imprescindível na saúde do sangue. Somente um exame de sangue pode relatar qual o tipo de anemia. A Ferropriva geralmente é causada por perda brusca de sangue. Nos homens por sangramentos intestinais e nas mulheres por sangramentos no período de menstruação. Em qualquer caso se a perda de sangue for muito expressiva, a procura de médico é fundamental. O melhor combate contra a doença é uma alimentação rica em ferro, encontrada principalmente no feijão, ervilha e grão-de-bico. Em casos mais graves a ingestão de ferro em comprimido é o mais recomendado.

Anemia falciforme é outra variante da doença. Hereditária passada de pai para filho atinge também destruindo e deixando os glóbulos vermelhos em forma de foice (originando o nome). Os sintomas variam, são diferentes em cada pessoa. Uns podem sentir, dores nos ossos e outros aparecem ulceras nas pernas. O sistema imunológico enfraquece, predispondo o indivíduo há varias infecções. O tratamento é sintomático, tratando o sintoma desenvolvido por cada um. Claro que ter uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas é de extrema importância.

Outra manifestação é a anemina perniciosa que consiste na carência de absorção da vitamina b12 do sistema digestório. Pode ocorrer por hereditariedade, e má formação no trato gastrointestinal. A incidência é relativamente baixa comparada com os outros tipos. O diagnóstico é realizado pelo exame de endoscopia digestiva. Embora os sintomas sejam parecidos. O principal é a fadiga, já que a hemoglobina transportadora de oxigênio da célula é pouco produzida no sangue. O tratamento é a administração de injeções de b12, já que o organismo tem dificuldade de retirá-la dos alimentos. Anemia Hemolítica como todas as outras, é a deficiência de hemoglobina. Mas ela só se manifesta quando a medula óssea não consegue produzir a hemoglobina suficiente. Pode ocorrer por um defeito na ação enzimática e por alteração na membrana da célula. Os tratamentos podem ser cirúrgicos, onde é retirado o baço ou pode ser medicamentoso. Isso depende da ação e do estado que o paciente se encontra.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.