Principais tribos indígenas no Brasil

“Todo dia era dia de índio”, mas hoje o espaço deles é cada vez menor.

Os povos indígenas do Brasil representam um grande número de grupos étnicos que habitam ou habitaram o território nacional desde antes da chegada dos europeus. A maioria dos antropólogos e historiadores concorda em que o homem chegou à América do Sul há cerca de 20 mil anos. A dispersão pelo Brasil deve ter ocorrido por volta de 9000 a.C. Ao longo deste processo, surgiram os dois grandes grupos linguísticos das tribos indígenas brasileiras: Tupi e Jê. Entre os séculos VIII e IX, surgiram as tribos Tupi e Guarani, as mais conhecidas nos livros de História do Brasil, já que são as que mais interagiram com os europeus.

Principais tribos indígenas no Brasil

Na chegada de Cabral, estima-se que havia no Brasil cinco milhões de índios. A primeira tribo indígena a travar contato com os portugueses, no finzinho do século XV, habitava o litoral baiano: os aimorés. Eles foram os responsáveis pelo fracasso das capitanias de Porto Seguro, Ilhéus e Espírito Santo. Só foram vencidos no século passado.

Hoje, as principais tribos indígenas do Brasil são: Arara, Araweté, Ashaninka, Asurini, Bororo, Enawenê-Nauê, Guarani, Juruna/Yudja, Kaapor e Kayapó.

A tribo indígena brasileira com maior população é a Guarani. São cerca de 27 mil índios. Há aldeias desta tribo em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará. Habitam em aldeias e praticam a agricultura de subsistência, com plantações de mandioca, milho e arroz.

Os Guarani são ainda hoje um dos povos que mais resiste ao contato com os brancos. Mantêm suas tradições, danças, ritos religiosos e até sua constituição física, já que diversas aldeias não permitem a miscigenação. Em muitas escolas, o ensino é bilíngue, o que garante a preservação do idioma.

Estes grupos não são homogêneos. Há subgrupos, como os Guarani-Ñandeva, Guarani-Kaiowaa e Guarani-Mbya, com diferenças notáveis em sua cultura, organização política, social e religiosa.

Provavelmente, a menor tribo indígena brasileira é Avá-Canoeiro. Eram apenas 16 em 2006, de acordo com levantamento da Funasa (Fundação Nacional de Saúde). O primeiro contato com esta tribo ocorreu em 1973. Foram transferidos para o Parque Nacional do Araguaia, na ilha do Bananal (TO), e colocados justamente ao lado de seus principais inimigos históricos, os Javaé. Este é somente um exemplo da falta de sensibilidade das autoridades em relação aos índios.

A palavra “índio” para os europeus da Idade Média, significava “habitante das Índias”, região da Ásia. Quando Colombo chegou à América, acreditou ter aportado nas Índias. E o nome pegou.


GRÁTIS: Receba atualizações por Email:

Cadastre seu email e receba atualizações do Blogadão no seu e-mail. É grátis!

Comente no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Um comentário

  1. mireli escreveu:

    Muito interessante me ajudou muito com o trabalho da escola muito obrigado

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.