Prepare-se para a aposentadoria

Tudo o que você precisa saber sobre previdência social e privada, além da poupança e fundos de investimentos, para ter uma aposentadoria feliz e tranquila.

Você está preparado para a aposentadoria?

Todos nós quando jovens, sonhamos em um dia lá na terceira idade, poder usufruir de um bom dinheirinho na aposentadoria e ter dias mais felizes ao lado da família que agora estará recheada de netos. Mas com os rumos que a previdência em nosso país anda tomando, será mesmo que só a previdência social vai dar conta de nos dar a tão sonhada tranquilidade financeira na velhice?

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Se hoje você é jovem e vê seus pais e avós amargando uma dificuldade para se aposentar e quando conseguem, o valor do benefício é muito abaixo do que se esperava, não cruze os braços achando que com você poderá ser diferente, caso não faça nada. Trabalhe bastante, mas saiba como poupar e garantir uma aposentadoria bem próspera.

Previdência social e privada

A Previdência social é um benefício que todo trabalhador com carteira assinada deve ter. Depois de 30 anos trabalhados para as mulheres e 35 para os homens, a pessoa pode pedir sua aposentadoria. Durante esse tempo, todas as carteiras profissionais que você tiver e documentos que comprovem que você trabalhou nessa ou naquela empresa durante tanto tempo, devem ser guardados para comprovar o exercício do emprego e confirmar o benefício da aposentadoria.

A previdência privada é um benefício que você pode adquirir em qualquer banco seja ele privado ou federal em qualquer momento de sua vida profissional. Na previdência privada, você contribui com o valor que quiser durante o mesmo período de tempo que na previdência social. Ela é um complemento da previdência convencional, sendo que seus rendimentos são bem maiores e você pode investir o valor que preferir, até mais do que é investido na previdência social.

Poupança e fundos de Investimento

No Brasil, a caderneta de poupança é um ótimo investimento para o futuro. Quem deposita todo mês, em 20 ou 30 anos terá um montante bastante interessante para se comprar um imóvel ou qualquer outro bem compatível com o valor guardado. A rentabilidade da poupança não é tão boa quanto os fundos de investimento, mas vale a pena pela segurança de ser uma das formas de investimento mais tradicionais.

Os fundos de investimento como o CDB, ações na bolsa entre outros, são uma boa forma de investimento, mas são mais instáveis que a poupança, já que rendem em relação ao dólar, euro e outros tipos de situações que prejudicam o mercado. Se quiser abrir um fundo de investimento, procure o gerente de seu banco, e solicite uma análise da situação de suas finanças, e ele lhe indicará quais os fundos de investimentos mais rentáveis que se adequam a suas necessidades.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.