Plantas Medicinais para emagrecer

Quando o assunto é perder peso de forma rápida, as opiniões sempre se dividem, mas não há como duvidar do poder das plantas medicinais para emagrecer.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Não se trata de receita milagrosa, mas sim de utilizar os conselhos da vovó que sempre tem um remedinho caseiro para nos salvar. Quem nunca tomou um chá de camomila para amenizar as cólicas, ou um chá de erva-cidreira para as dores de cabeça e até um chazinho de boldo para espantar uma ressaca daquelas?

Dessa forma, como os chás da vovó são usados por séculos para amenizar alguns males, eles também podem ser aproveitados para acelerar o processo de emagrecimento.

As ervas diuréticas como cavalinha, dente-de-leão, cabelo de milho, abacateiro, sabugueiro, quebra-pedra e salsa ajudam os rins a eliminar líquido. Quando os rins retêm líquidos, há a diminuição da produção de cortisona, que além de causar ganho de peso, ainda bloqueia os processos de emagrecimento.

Quando o intestino está funcionando bem, não há presença de gases e nem sensação de barriga inchada. Chás de hibisco, cáscara-sagrada, zedoária, psilium e fucus contém substâncias que ajudam o fígado a fabricar o fluido da bílis, que tem poder de dissolver a gordura, facilitando sua absorção pelo intestino.

Todos sabemos que a ansiedade nos causa a compulsão alimentar. Assim, os chás de alecrim, hortelã, capim-limão, camomila, melissa, jasmim, mulungu e aniz agem no sistema nervoso, nos acalmando e diminuindo a ansiedade, com isso, controla nossa vontade de comer.

As toxinas do organismo precisam ser eliminadas por meio da urina, fezes e suor para que haja equilíbrio. O chá de alfafa, salsaparrilha, zedoaria, chá-verde, epinheira-santa e bardana ajudam o nosso corpo a captar essas toxinas para serem eliminadas, garantindo um equilíbrio físico que evita o ganho de peso.

Além dos chás aliados a perda de peso, existem os chás que ajudam a dissolver a gordura causando emagrecimento, como o cha de carqueja, capim-limão, cabelo-de-milho, graviola, cana-do-brejo, alfafa e cavalinha.

Para aproveitar toda a capacidade da erva, o ideal é utilizá-la na forma desidratada, na quantidade de 1 colher de sopa para uma xícara de água fervente, tampando a xícara com um pires por dez minutos, como fazemos com os populares sachês que são mergulhados na xícara de água. Não é aconselhado que se ferva a erva na água, diretamente no fogo, pois esse processo cozinha a erva, causando perda dos princípios ativos.

A ingestão do chá antes das refeições auxilia no processo de digestão dos alimentos e o uso regular, 5 ou 6 xícaras ao dia, ajuda o organismo a eliminar os quilinhos indesejados.

É importante que as pessoas portadoras de alguma doença crônica, grávidas e crianças utilizem os benefícios dos chás após consulta médica.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.