Ovos de Páscoa da Garoto vendidos a US$ 1,99 nos EUA revoltam brasileiros

Imagem postada no Facebook revolta brasileiros. Ovos da Garoto exportados para os EUA custam muito menos do que aqui no Brasil.

O produtor de TV Luciano Dias, de 35 anos, que estuda na Orlando Language School, na Flórida (EUA), postou uma foto mostrando ovos de Páscoa produzidos pela Garoto, em supermercados de Boston, sendo vendidos por US$ 1,99.

Pelo câmbio atual, o ovo de Páscoa “Serenata de Amor”, de 215 gramas, custa aproximadamente R$ 8,00 para os consumidores americanos. Para os brasileiros, o preço médio é de R$ 32,00. O internauta sugere “deportar o chocolate para o Brasil”. No Facebook, a postagem já tem mais de 47 mil compartilhamentos.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão
ovos-garoto-usa-brasil

Foto publicada no Facebook.

A Garoto é uma tradicional fábrica de chocolates sediada em Vila Velha (ES), adquirida pela Nestlé em 2002. É uma das dez maiores produtoras de chocolates do mundo e a maior da América Latina, com cerca de um quinto do mercado local.
A empresa exporta seus produtos, como o “Batom”, as caixas amarelas e o bombom “Serenata de Amor”, para vários países americanos, mas não dá para entender por que um ovo de Páscoa importado pode custar apenas 20% do preço praticado nas lojas brasileiras.

Kinder Ovo

A pechincha não é exclusividade da Garoto. O Kinder Ovo – o chocolate com brinquedo, uma tentação para as crianças – é vendido nos EUA por US$ 2,50 (R$ 10). É o que mostra outro post de Luciano Dias em seu perfil no Facebook.

No Brasil, o preço atinge R$ 55 em São Paulo e no Rio de Janeiro. O chocolate, vendido no Brasil desde 1993, é produzido pela empresa multinacional Ferrero, que utiliza sucessos do momento, como as princesas Disney, Galinha Pintadinha e a porquinha Peppa (estrela de uma série inglesa de desenhos animados), por exemplo, para atrair os consumidores.

kinder-ovo-usa-brasil

Explicações (?)

Procurada pela reportagem da Rede Globo de Televisão, a assessoria de imprensa da Garoto esclareceu que os produtos vendidos no mercado americano não foram fabricados para a Páscoa de 2016 (e, portanto, estão muito próximos de perder a validade) e destacou que “não interfere no preço praticado” pelos comerciantes.

Outro ponto destacado pela Garoto é a carga tributária de cada país, que certamente interfere no preço final. Apenas o valor do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) é de R$ 0,09 (chocolate branco) e de R$ 0,12 por quilo do produto – e deve subir em maio de 2016.

A Kinder informou que os preços dos produtos acompanham “as características de mercado de cada país”. Além de fazer um pouco de propaganda (a Kinder é uma marca desenvolvida para crianças, preocupada não apenas em oferecer delícias pensadas paras as exigências delas, mas também para construir uma relação de confiança com os pais).

No total, 38,6% do valor de um ovo de Páscoa são destinados ao pagamento de impostos (ICMS, PIS/ COFINS, etc.). Nos EUA, o percentual médio (cada Estado define as taxas) é de 10%. Mesmo assim, isto não explica a diferença gritante entre os preços pagos por brasileiros e americanos.

Talvez, “características de mercado de cada país” seja um eufemismo que pode ser traduzido por: brasileiros aceitam uma taxa absurda e margens de lucro altíssimas por parte de produtores, distribuidores e revendedores, enquanto os americanos exigem um comportamento mais adequado.

E você, o que acha de tudo isso? Ajude-nos COMPARTILHANDO este abuso para que os brasileiros tomem mais consciência de preços e evitem aceitar preços abusivos nesta Páscoa.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.