Os maiores lagos do mundo

Estes acidentes geográficos são depressões na superfície que acumulam água permanente. Conheça os maiores lagos do mundo.

O volume de água dos lagos depende do clima predominante na região. As dimensões são muito variáveis, desde pequenos olhos d’água, que se formam pelo afloramento de lençóis freáticos em locais pantanosos, até extensões de vários quilômetros, como os Grandes Lagos, na fronteira entre os EUA e o Canadá, e os Grandes Lagos Africanos.

Da Rússia ao Canadá, do Congo à Tanzânia, os maiores lagos do mundo impressionam pela semelhança com mares serenos. Alguns são muito profundos: o maior exemplo é o lago Baikal, no leste da Sibéria, com profundidade de 1.680 metros, o maior abismo limnológico do planeta. Outros se ocultam sob o gelo (são subglaciares), como lago Vostok, na Antártica.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

 O mais antigo lago

Além de ser o mais profundo, o lago Baikal, a 640 km de distância da fronteira entre Rússia e Mongólia, é também o mais antigo do mundo. Geólogos estimam que ele se formou há 25 milhões de anos. Este lago russo é alimentado por 330 rios; os maiores são o Selenga e Barguzin.

Paisagem do lago Baikal.

Paisagem do lago Baikal.

Este “mar” tem 636 km de comprimento e 80 km de largura – uma superfície de 31.500 km2. É o maior lago de água doce da Ásia (e o maior em volume do mundo) e abriga 1.085 espécies de plantas e 1.550 espécies e subespécies de animais.

O líder dos maiores lagos

O mar Cáspio, que banha Azerbaijão, Irã, Cazaquistão, Rússia e Turcomenistão, na verdade é um lago, ou seja, é uma extensão de água sem comunicação com o oceano. A salinidade da água é de 1,2%, cerca de um terço da salinidade média da água marinha.

O mar Cáspio, visto de Turkmenbachi, Turcomenistão.

O mar Cáspio, visto de Turkmenbachi, Turcomenistão.

Com uma extensão costeira de 7.000 km, o mar Cáspio tem 1.200 km de comprimento e 450 km de largura (371.000 km2 de superfície total), é também o lago mais importante, em termos de fonte de renda para a população litorânea. Em alguns pontos, atinge 1.000 metros de profundidade, mas, em média, é um lago relativamente raso, com 180 metros.

Os maiores lagos da América

O lago Superior, um dos cinco Grandes Lagos que se formaram na atual fronteira entre o Canadá e os EUA, é o maior em extensão territorial, com mais de 82.000 km2, e o terceiro em volume de água, com mais de 12.000 km3.

O lago Superior no inverno, visto a partir de Duluth, Minnesota.

O lago Superior no inverno, visto a partir de Duluth, Minnesota.

Este lago, que banha Michigan, Minnesota e Wisconsin (EUA) e a Província de Ontário (Canadá), situa-se na região menos densamente habitada dos grandes lagos da América do Norte. A nação Ojibwe, o quarto grupo indígena em população, batizou o lago Superior de Gichi Gami: o grande mar.

Outros Grandes Lagos norte-americanos estão entre os maiores do mundo. O lago Huron ocupa uma área total de 59.500 km2; Michigan, pouco mais de 58.000 km2; Erié, 25.000 km2; e Ontário, 19.000 km2. Ao todo, este conjunto de lagos ocupa mais de 244.000 km2.

 Gigante na África

O lago Vitória, que ocupa 69.000 km2 (pouco menos do que a área total da Irlanda), é raso (profundidade máxima de 85 metros) e abriga um volume de água relativamente limitado (2.750 km3). É o maior lago tropical do mundo e banha a Tanzânia, Uganda e Quênia.

lago Vitória

Vitória é cortada pela linha do Equador e também uma das nascentes do rio Nilo. O lago abriga mais de três mil ilhas. Ukewere, integrante do território da Tanzânia, é a maior ilha lacustre do continente. O nome é uma homenagem à rainha Vitória, da Grã-Bretanha, que ocupou o trono de 1837 a 1901.

O segundo maior lago da África

O lago Tanganica é o segundo maior lago do continente africano e é partilhado por Tanzânia, República Democrática do Congo, Burundi e Zâmbia. Está situado em uma depressão 782 metros acima do nível do mar. Ocupa uma área de 33.000 km2.

Pescadores no lago Tanganica.

Pescadores no lago Tanganica.

Tanganica parece ter “vocação” para ser segundo: é o mais antigo e mais profundo lago do mundo, depois do Baikal, e também o mais extenso, depois do mar Cáspio, com 673 km distribuídos no sentido norte-sul. As suas margens são protegidas por quatro reservas florestais; entre elas, o Parque Nacional de Gombe Stream, na Tanzânia, onde vivem os gorilas de Jane Goodall, antropóloga que estudou a espécie durante 40 anos.

Perto do Alasca

O grande lago do Urso é o maior dos lagos dos territórios do Noroeste, no Canadá. A superfície de 31.100 km2 garante a oitava posição (em área) entre todos os lagos do mundo. O volume de águas, porém, é pequeno: apenas 2.236 km3.

O grande lago do Urso, margeado por florestas de coníferas.

O grande lago do Urso, margeado por florestas de coníferas.

O lago apresenta formato irregular, recortado por algumas baías de grande comprimento, como McTavish, Keith e Smith. As águas do grande lago do Urso são extremamente frias. Durante oito meses por ano, o gelo impede a navegação. O lago deságua no rio Great Bear, afluente do rio Mackenzie.

Ainda no Canadá

O grande lago do Escravo, que faz parte da bacia do rio Mackenzie, é o segundo maior lago canadense e o mais profundo da América do Norte (614 metros). Também localizado nos territórios do Noroeste, é o nono maior lago do planeta. Com 480 km de comprimento e até 109 km de largura, apresenta uma superfície de mais de 28.000 km2.

Braço oriental do grande lago do Escravo.

Braço oriental do grande lago do Escravo.

O lago Winnipeg fica no centro geográfico da América do Norte, na Província de Manitoba. Ocupa uma área de 24.400 km2, superando Ontário e Erié. É o maior lago do sul do Canadá. A porção oriental, cercada por bosques boreais e muitos rios, é candidata a ser Reserva da Biosfera (ecossistemas em que se procuram meios de conciliar a conservação da biodiversidade e o uso econômico sustentável dos recursos).

Praia Vitória, no lago Winnipeg.

Praia Vitória, no lago Winnipeg.

Lago em extinção

Até 1960, o mar de Aral, entre o Cazaquistão e o Uzbequistão, era considerado o quarto maior lago do mundo. É outro exemplo de mar de água salgada, mas sem comunicação para o oceano. Aral já ocupou 68.000 km2 de área e 1.100 km3 de volume de água.

Navio abandonado perto do antigo Porto de Aral, no Cazaquistão.

Navio abandonado perto do antigo Porto de Aral, no Cazaquistão.

Atualmente, em função da exploração econômica predatória, especialmente no período da União Soviética, o mar de Aral está reduzido a 10% do tamanho original. Em 2010, o lago estava dividido em três porções, em um avançado processo de desertificação.

Na América do Sul

O lago Titicaca, na fronteira entre a Bolívia e o Peru, é o maior do continente sul-americano em volume de água (o lago Maracaibo, na Venezuela, tem área muito maior, mas é considerado pelos geógrafos como uma grande baía salobra, em função de sua ligação com o mar do Caribe).

lago Titicaca

Situado a 3.812 metros de altitude, o Titicaca é também o lago navegável mais alto do mundo. Já estão registradas duas dezenas de lagos em altitudes mais elevadas, mas todos são rasos e muito menores. O lago sul-americano ocupa uma área de 8.135 km2 e apresenta profundidade máxima de 280 metros. O volume de água é de 890 km3.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.