Os livros mais lidos no Brasil em 2012

Romances e livros “hot” embalam a lista de livros mais lidos no ano.

De diversos gêneros, tipos e temáticas, o ano de 2012 foi importante para o mundo literário e dos diversos tipos de leitura. Com o aumento do poder aquisitivo da população, observou-se a maior compra de livros e a crescente evolução da preferência do brasileiro ao ler do que a costumeira postura visual. Ganhando mais reconhecimento e livrarias abertas, o livro se tornou sinônimo tanto de conhecimento quanto entretenimento.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

O mais curioso é que 2012 foi o ano dos sentimentos – tanto romances quanto livros de temática “hot”, embalaram as paradas de sucessos de vendas e leitura, provando que o brasileiro é um povo mais calorento e menos intelectual. O propósito da leitura de 2012 foi, certamente, uma viagem aos sentimentos carnais e sentimentais, misturados em diversos casos, servindo até como exemplo na vida real.

Quando se fala em romance, já vem a imagem da mulher na cabeça. É comprovado que as mulheres apreciam mais a temática e o maior público que digeriu a literatura de 2012 foram as mulheres, pois, além dos romances, observou-se o caso do “boom” das vendas das literaturas eróticas voltadas para as mulheres bem resolvidas, ou seja, o público maduro feminino tomou conta da listagem dos best-sellers de 2012.

Os livros que foram os romances mais lidos em 2012 basicamente têm como enredo um par romântico e uma história que se desenvolve em torno desse relacionamento. Um deles é o livro “Um Amor Para Recordar”, de Nicholas Sparks, seguido por “Querido John”, do mesmo autor. Ambos romances expõe um lado sentimental muito forte e um tanto quanto tristes. O mesmo acontece com a obra “Questões do Coração”, de Emily Giffin, que trata sobre a questão da infidelidade, e o best-sellers “Ame O Que É Seu”, que traz um enredo de arrependimento sobre o casamento e “Presentes da Vida”.

A obra de Elizabeth Gilbert, o “Comer, Rezar, Amar” traz um cenário com uma análise descritiva muito forte sobre a rotina e a vida inusitada da personagem. Também se destacam as obras “Água Para Elefantes”, de Sara Gruen; o emocionante “O Menino de Pijama Listrado”, de John Boyne; “Um Dia”, de David Nicholls; “Destinada”, da série House of Night, de P. C. Cast e, claro, mais um romance da saga Crepúsculo, o livro “Amanhecer”, de Stephenie Meyer.

De acordo com a revista Veja, a lista de mais vendidos do ano terminou com a literatura erótica no topo. Merece reconhecimento e destaque para os livros da autora E.L. James, como Cinquenta Tons de Cinza, Cinquenta Tons de Liberdade e Cinquenta Tons Mais Escuros, que embalaram as três primeiras posições de vendas no Brasil, sendo bem recebidos por seus conteúdos. Outro livro em destaque com a mesma temática é o “Toda Sua”, de Sylvia Day, que explora a sexualidade com o homem perfeito, o mais desejado pelas mulheres, o Gideon.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.