Os cuidados pessoais de um metrossexual

Hidratação, limpeza de pele, manicure. Os cuidados pessoais de um metrossexual podem beneficiar qualquer homem.

Até 30 anos atrás, os homens nem sabiam o que é xampu. Sabonete, desodorante, espuma de barba e acabou a lista dos produtos de higiene pessoal. O tempo passou e as coisas mudaram, mesmo porque as mulheres ficaram mais exigentes com a apresentação de pretês e parceiros. Por isto, os homens passaram a dar mais atenção aos cuidados pessoais. Assim surgiram os metrossexuais.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

A maioria das mulheres ignora trogloditas de cabelos desgrenhados e barba mal feita. Estudos indicam que as mulheres identificam nos metrossexuais não apenas a boa aparência, mas interesses antes exclusivos do universo feminino, como decoração, gastronomia e paisagismo, o que ajuda bastante nos bate-papos.
Além disso, as mulheres diferenciam os metrossexuais dos apenas vaidosos. Para elas, homens bem cuidados são mais sensíveis e atraentes, enquanto os vaidosos criam um universo individual e tornam-se inacessíveis, desagradáveis e até desinteressantes.

Mas quais são os cuidados pessoais que um metrossexual preza? Para começar, o básico: cabelo, barba e corpo asseados de boa aparência. Até aí, parece que isto é comum para a metade masculina da população, mas a coisa vai mais longe: inclui até alguns dolorosos tratamentos estéticos.

Na basta lavar e cortar os cabelos. Um metrossexual os hidrata, faz massagens no couro cabeludo, pinta (não só para cobrir os fios brancos, mas muda a cor ou faz luzes), amacia e alisa. Entre os mais jovens, a chapinha há muito tempo deixou de ser exclusividade dos emos (tribo urbana caracterizada pela aparência clean, cabelos muito lisos e repicados, pacifismo e happy rock).

O rosto merece cuidados especiais. A pele precisa ser hidratada, as sobrancelhas igualadas, cremes faciais retardam o surgimento de rugas e linhas de expressão e a barba é cuidadosamente bem feita, para deixar o rosto escanhoado ou, para quem curte um look displicente, com cara de não ter sido feito por alguns dias, mas simetricamente aparada. O protetor solar é um companheiro inseparável.

Aparentemente, pelos corporais estão out. depilação de axilas, tórax, abdômen, pernas e costas estão na agenda dos metrossexuais. Alguns usam uma lâmina e resolvem o problema durante o banho, mas outros recorrem a clínicas estéticas, onde existem inclusive tratamentos a laser, cujos resultados são mais prolongados. Os mais ousados levam a operação à virilha, genitais e glúteos.

A academia, para definir o corpo, e as boas lojas, para conferir novidades, fazem parte da rotina dos metrossexuais. Combinar cores e padrões é fundamental. Alguns são adeptos a grifes famosas e caras.

Muitas pessoas podem achar que homens com tantos cuidados devem ser homossexuais, mas a palavra metrossexual, que surgiu nos anos 1990 na Inglaterra, é a junção de metropolitano e heterossexual, apesar de os gays também estarem aderindo à moda.

Cuidados pessoais são sempre bem-vindos. O problema só surge quando gera consumismo exagerado ou leva a um narcisismo compulsivo. Mas é um mundo novo que está se impondo.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.