O que é melhor: Tempero pronto ou natural?

Apreenda a melhor forma de temperar sua comida

Muitas pessoas ficam em dúvida se devem comprar os milhares de temperos prontos que vendem no supermercado, ou se é melhor usar temperos naturais. Veja as dicas dos nutricionista, e apreenda a forma mais saudável de temperar sua comida.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Segundo os nutricionistas a melhor forma de temperar sua comida é utilizando temperos naturais, por exemplo, salsão, coentro, salsinha, cebolinha, alho, enfim, há muitas opções. Mas infelizmente nem sempre a pessoa tem tempo para ir ao supermercado e comprar estes temperos.

A solução é comprar os temperos prontos, mas há os temperos que são melhores em questão de saúde. Estes são os temperos naturais em potinhos. Aqueles saquinhos que você encontra no supermercado de salsinha desidratada, mistura de ervas finas, coentro, páprica, enfim, aqueles milhares de opções de potinhos. Caso você não tenha tempo para comprar temperos frescos a toda hora, esta é uma boa opção.

Outra opção é fazer uma pequena horta em casa, se você tem um pouquinho de espaço e disposição, esta é uma excelente opção. Colher fresquinho de sua horta os temperos de sua comida. Não é preciso fazer em vasos grandes, os pequeninhos vasinhos já dão conta. Se você não tem quintal, não há problema, pode fazer uma horta em sua varanda, pense nisso.

O que não é recomendado é comprar aqueles temperos instantâneos para colocar no arroz, na carne, no frango, enfim, este tipo de tempero não faz bem para a saúde, eles precisam ser bem industrializados para aguentar muito tempo nas prateleiras.

Veja que tipo de tempero está usando na sua comida, para que não tenha surpresas futuras. Escolher bem seus alimentos é importante para preservar uma boa saúde.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.