O que é Glaucoma?

Cuidados com a saúde nunca são demais. Desde um simples resfriado até a descoberta de uma diabetes, é importante sempre fazer o check-up da sua saúde a cada 6 meses, cuidar do coração, manter seu corpo e movimento. Mas e o cuidado com seus olhos? Também é reforçado?

Sobre o Glaucoma

Basicamente falando, o glaucoma é uma doença que afeta a visão do indivíduo, e é relacionada da pressão ocular alta. A doença se caracteriza por lesões no nervo ótico, também conhecido por ser o nervo que leva as informações relacionadas ao que vemos e à nossa memória diretamente para o cérebro.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Apesar de ser a segunda maior causa de cegueira nos Estados Unidos, é possível prevenir o glaucoma ou ainda descobri-lo em seu princípio, onde o tratamento é muito mais fácil.

O que é pressão ocular alta?

A cavidade onde se encontra os nossos globos oculares não é totalmente preenchida pelos mesmos, e ali podemos perceber a presença de um determinado liquido (mais conhecido popularmente como lágrima), que tem como uma de suas principais funções “hidratar” nossos olhos. Essa lágrima é produzida interruptamente na parte posterior do globo ocular, é como se atrás de nossos olhos existisse uma espécie de fábrica de lágrimas trabalhando o tempo todo. A lágrima está constantemente se espalhando pelos olhos, funcionando como uma espécie de lubrificante e hidratante para tal região. Se há algo que impede a saída da lágrima parcial ou totalmente da “fábrica” na parte posterior dos olhos, isso provoca o aumento da pressão do globo ocular.

Os tipos de glaucoma e seus sintomas

Atualmente sabemos de quatro tipos de glaucoma: o glaucoma primário de ângulo aberto, glaucoma de ângulo fechado, glaucoma congênito e glaucoma secundário.

O glaucoma primário de ângulo aberto é o tipo com maiores registros. Por não costumar apresentar sintomas, sua descoberta é quase sempre demorada, e normalmente só é percebida quando o paciente começa a ter um certo índice de perda visual (o que, com esse tipo da doença, pode demorar anos).

O glaucoma de ângulo fechado, por sua vez, é caracterizado por aumentos repetinos da pressão ocular, ocorrendo por conta da dilatação da pupila. Esse tipo da doença pode vir a apresentar sintomas, sendo os mais populares as fortes dores de cabeça e visão embaçada. É considerado emergencial, e o paciente deve realizar os exames necessários ao menor sintoma da doença, já que este tipo pode levar à perda da visão em pouquíssimo tempo.

Sendo o mais raro dos tipos, o glaucoma congênito atinge bebês, ou seja, a criança já nasce cega. É uma doença hereditária e é tratado com uma série de cirurgias.

E por último o glaucoma secundário, que é causado principalmente por fatores externos, como o uso de drogas, doenças sistêmicas e até mesmo outras doenças de origem ocular que se desenvolveram.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.