O Hobbit – Uma Jornada Inesperada: O início da saga do anel

A história que deu origem ao Senhor dos Anéis fará o público relembrar a incrível saga e reviver as aventuras da Terra Média.

A origem de uma das sérias mais famosas e fantásticas dos últimos tempos está de volta. A trilogia literária de J. R. R. Tolkien que fez sucesso nos anos 90, Senhor dos Anéis, revolucionou a história do cinema e promete voltar com tudo nessa nova produção do autor que será lançada em filmes. O Hobbit – Uma Jornada Inesperada, chegará aos cinemas brasileiros no dia 21 de dezembro de 2012 e os fãs de carteirinha das sagas já estão preparando a compra do ingresso.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

A saga que explica o Senhor dos Anéis e se passa 40 anos antes será dividida em três filmes, cujo enredo se mostra ainda na imaginária Terra Média e sua origem, até a comum convivência dos humanos com anões e elfos. No primeiro longa, um grupo de aventureiros guerreiros deseja explorar o local em busca da Montanha Solitária e de uma cidade chamada Erebor. Porém, a montanha é guardada pelo dragão Smaug, onde os doze anões e um Hobbit precisam recuperar o tesouro perdido e tomar posse de volta do reino dos anões, com a ideia de reconstruir Erebor, mas para isso é preciso derrotar o grande dragão.

Os personagens do primeiro filme do Hobbit são os anões Balin, Bifur, Bofur, Bombur, Dori, Dwalin, Gloin, Kili, Nori, Óin, Ori, Thorin o jovem anão Fili, a elfa Galadiel, o mago Gandalf, o ex-hobbit Gollum e o principal personagem da saga, o Bilbo Bolseiro, um anão não diferente dos demais, mas que acaba por se destacar na saga.

A trilogia promete mais aventura e mais realismo, pois o sistema de produção de imagens do filme foi atualizada para o público conseguir ter abrangência do cenário, já que o novo longa foi produzido com 48 quadros por segundo e promete se aproximar ainda mais de como o olho humano enxerga as imagens reais.

O diretor de O Hobbit, Peter Jackson, pretende alcançar a marca do Senhor dos Anéis, que foi de U$ 3 bilhões em dois anos e 14 Oscars guardados com superproduções que ficaram para a história. Chegou a hora de voltar à ativa e utilizar os recursos tecnológicos avançados dos métodos cinematográficos que não eram disponíveis na época. Porém, por mais que o filme seja mais fácil de ser feito graças às facilidades, a linguagem mitológica, a época e as ideias medievais continuam sendo características das superproduções que envolvem os livros de J. R. R. Tolkien. A continuação do Hobbit terá previsão de chegada nas telonas em 2013 e será intitulado “The Hobbit – There and Back Again”.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.