finansiering til eget firma | refinansiering | forbrukslån på dagen

As músicas mais tristes de todos os tempos

Quem disse que música só dá alegria nunca teve um momento difícil. Veja quais as músicas mais tristes de todos os tempos e se debulhe em lágrimas.

Quem nunca em algum momento da vida de tão pra baixo, não ficou horas ouvindo só aquelas músicas de melodia triste e letra melancólica? Normalmente chamamos isso de um momento de ´´fossa“, onde escutar músicas de Zezé di Camargo e Luciano até celine dion é realmente uma demonstração que algo não vai bem.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Mas brincadeiras a parte, as músicas chorosas tem seu lado bom, pois é nesses momentos que geralmente conhecemos melhor nosso íntimo, e nos fortalecemos, nos tornando pessoas mais inteligentes emocionalmente falando, ainda que seja a base de muita música e lágrimas. Veja quais as músicas mais tristes de todos os tempos e prepare os lenços de papel.

Tears in heaven- Eric Clapton

Tears in heaven é daquelas músicas que mesmo sem saber a história dela, já dá vontade de chorar. A canção composta por Eric Clapton e Will Jennings, é uma homenagem de Eric a seu filho Connor, um menino de 4 anos que morreu em março de 1991, depois de cair da janela de seu prédio.

Na época a música alcançou todas as primeiras posições no mundo mas a partir de 2004, Eric Clapton decidiu não cantá-la mais por ser muito emotiva e deixar o público aos prantos.

Everybody Hurts- R.E.M

Quem nunca chorou com a música Everybody Hurts de 1992 do R.E.M? O toque suave assim como a voz do vocalista não lembra em nada outros sucessos da banda, mas com certeza é uma das músicas mais lembradas do R.E.M depois de Losing my religion de 1991. Na Inglaterra, ela ganhou uma votação pública como a música mais deprimente de todos os tempos.

Vento no litoral- Legião Urbana

A música melancólica, foi escrita por Renato Russo líder da banda, quando justamente ele passava por um momento de depressão. A música tem um tom de romantismo mas ao mesmo tempo de solidão, dor e uma ideia de morte o tempo todo. A música foi escrita na época que Renato descobriu que tinha aids, doença que o matou em 1996.

Apesar de ser uma das músicas mais tristes de todos os tempos, vento no litoral também é uma música que nos faz refletir sobre a vida e amores, e mesmo dando uma ideia de que tudo acabou, lembre-se que algo diz ´´…que a vida continua e se entregar é uma bobagem.“

Portanto ouça essa e todas as outras músicas, mas nunca se entregue a elas somente…a muitas outras boas músicas que enaltecem a vida, que devem ser sempre ouvidas.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.