forbrukslånhjelpen | forbrukslån billig | raskt forbrukslån

Maquiadora americana se transforma em diversos personagens

Demonstrando um talento incrível, maquiadora americana se transforma em diversos personagens.

Quase todas as mulheres são apaixonadas por maquiagem, mas esta artista plástica ultrapassou todos os limites. Enquanto a maioria das comuns mortais sofre para acertar o rímel e o batom, ela consegue fazer verdadeiras transformações – e não são efeitos especiais, é tudo real. A tela para as suas criações é o seu próprio rosto.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Com maquiagens e acessórios especiais, a artista norte-americana Elsa Rhae, de 23 anos, consegue incorporar, em apenas alguns instantes, em diversos protagonistas do cinema e dos videogames. Ela consegue pintar, em si mesma, personagens como um White Walker (de Game of Thrones), Scorpion (codinome de Hanzo Hasashi no jogo Mortal Kombat), Capitão Planeta (personagem dos quadrinhos e de desenhos animados dos anos 1990, atualmente transmitidos no Brasil pelo canal Futura), Master Chief (o supersoldado do jogo Halo), um Coringa (da série Batman) muito assustador, o personagem V (de V de Vingança), Avatar, Grinch (do filme homônimo), etc. A lista é longa.

O início

Elsa Rhae começou com algumas experiências isoladas. Cicatrizes e piercings logo se tornaram desafios frágeis para a artista, que é autodidata. Ela estuda Cinema e Mídia e adquiriu suas técnicas apenas observando o trabalho de profissionais da indústria cinematográfica.

Mas a artista foi muito além: suas criações, facilmente confundidas com efeitos de Photoshop ou aplicação de borracha sobre a pele, são realizadas exclusivamente com tintas e pincéis. No máximo, ela usa pequenas aplicações de próteses de borracha para ressaltar a pele, como fez na sua interpretação de Edward Mãos de Tesoura, lentes de contato e pelos falsos.

Ela desenhou um girassol muito realista para comemorar a chegada da primavera, a ilustração de capa de “A Árvore Generosa” (livro de Shel Silvertein) travestiu-se de homem, com cavanhaque e bigode postiços e pontos de barba pintados com cosméticos, desenhou óculos falsos, além de looks inspirados em artistas da pop art, como Roy Lichtenstein.

Apenas o rosto, porém, não era suficiente para Rhae: a artista passou a colorir também o corpo. A primeira experiência foi com o Capitão Planeta, quando abusou dos traços geométricos, para resgatar o clima de histórias em quadrinhos, onde as linhas eram utilizadas para provocar a ilusão de movimento do super-herói.

Ainda falando de Mortal Kombat: a criação de Baraka (personagem mestiço de homem e demônio) foi uma das mais difíceis. Elsa Rhae desenhou os dentes e rugas em seu rosto, que ultrapassam a linha da face e parecem invadir o pescoço. O único “elemento estranho” nesta incrível produção são as lentes de contato amarelas. Para o personagem Ermac (ninja com poderes de telecinese), ela desenhou todo o seu tronco e as pálpebras foram pintadas de verde. E quem vê uma imagem de Sub Zero pode apostar que a artista usa máscara.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.