Invenções antigas que não deram muito certo [Parte 2]

Já publicamos as invenções antigas que não deram muito certo [Parte 1], agora confira a [Parte 2]:

– Carregador de bebês (1937): Na foto, dois adultos patinando, carregando um bebê na invenção. Só não parece muito seguro um bebê flutuando sobre uma superfície de gelo, né?

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

– Óculos de venezianas (1950): Se não quisesse ver algo, era só fechar as “cortinas” dos óculos.

– Roupa de pássaro (1955): O inventor pretendia tornar possível levantar voo utilizando somente essa roupa. Infelizmente, ele morreu testando seu invento ao pular de um avião.

– Plataforma voadora (1956): Essa plataforma voadora até que poderia resolver alguns problemas de congestionamento no trânsito, não é?

– Pneus iluminados (1961): A Goodyear é a responsável por este invento. Os pneus eram iluminados por lâmpadas no interior do aro da roda.

– Sapatos do mar (1962): Para quem deseja “caminhar” sobre as águas M. W. Hulton inventou estes sapatos.

– Maleta anti-furto (1963): John H T Rinfret é o responsável por essa tentativa de maleta anti-furto. Quando os ladrões tentam roubá-la, a maleta dispara o que está dentro dela assustando-os. Será que daria certo?

– Seios falsos (1963): Não, isso não é um tipo de silicone antigo. Estes seios falsos foram criados por japoneses e simulam os batimentos cardíacos. Servia para ajudar bebês a dormirem longe de suas mães.

– Robô que atende ao telefone (1964): Esse robô foi inventado para atender o telefone; com um detalhe: ele não fala!

– Capa de chuveiro (1970): Essa é para quem quer tomar o banho sem molhar cabeça. Hã?

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.