Golfinhos dormem com um olho aberto

Conheça as peculiaridades deste mamífero que nos causa tanto fascínio.

Os golfinhos são animais que nos cativam há muito tempo, sua beleza, inteligência e agilidade tornaram-no o mamífero marinho mais simpático ao homem. Os golfinhos são acrobatas natos e não é difícil vê-los em grupo acompanhando a proa de embarcações, já que eles podem nadar a até 300 metros de profundidade, mas precisam subir pelo menos a cada oito minutos para respirar.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Os golfinhos possuem um orifício para respirar localizado bem acima da cabeça e é através dele que eles expelem o ar e pegam novamente o fôlego para mergulhar, a velocidade de seu mergulho pode chegar até a 56 km/h. São animais sociáveis também em seus grupos de convívio, onde é possível observar comportamentos sociais como batidas na cauda, saltos, toques e assobios. Eles possuem a capacidade de se localizarem através de seu sentido bissonar e o utilizam para nadar por entre obstáculos e para encontrarem suas presas, também possuem a orientação por ecos, mas a poluição sonora causada pelo homem, pode perturbar o seu sistema de orientação. A inteligência dos golfinhos é tema de muitos estudos científicos, a sua sociabilidade gera uma fascinação e desperta a nossa imaginação, o que nos faz querer entender melhor como agem e se comportam.

Veja também: Os animais mais inteligentes do planeta

Esta fascinação cria uma série de curiosidades á respeito desta espécie e a mais comum delas é: os golfinhos realmente dormem com um olho aberto?

Na verdade, segundo biólogos americanos, o que acontece com os golfinhos é que eles são capazes de desligar apenas uma parte do cérebro alternadamente para descansar, esse mistério intriga até mesmo aos especialistas, principalmente porque este mamífero se mostra capaz de ficar sem dormir por semanas após o parto para proteger sua cria. Com esta forma de desligar apenas uma parte do cérebro para dormir, eles são capazes de manterem-se sempre alertas e poderem reagir rapidamente aos acontecimentos, mesmo que estejam em estado de descanso.

Análises feitas no sangue de golfinhos que já estavam há cinco dias sem descansar mostraram que não havia qualquer indício de cansaço ou stress por falta de sono, como a adrenalina ou o aumento de células brancas, comprovando a relação das funções cerebrais dos golfinhos com o sono. Certamente este é um fenômeno incomum, já que a maior parte dos mamíferos costuma dormir bastante.

Os golfinhos são muito brincalhões e com exceção do homem, são os únicos animais que possuem uma variedade incrível de comportamentos que não estão ligados diretamente a atividades básicas de sua biologia como a reprodução e a alimentação, isso faz com que eles sejam absolutamente capazes de serem treinados para executarem diversas tarefas, algumas até bem complexas. Vale lembrar também que, apesar de não ser respeitada, existe desde 1988 a lei que proíbe a pesca de golfinhos, mas até hoje muitos ficam presos a redes para pesca de atum e acabam mortos ou são pescados para serem criados em cativeiro, o que faz com que muitos também sejam mortos nesta prática e apesar de serem extremamente amigáveis podem acabar atacando pessoas que nadem junto a eles, caso sintam-se ameaçados.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.