Gincanas Escolares

As gincanas escolares podem acabar se tornando um ótimo momento de interação, conhecimento e descontração entre os alunos. Para isso, é necessário que as provas sejam bem planejadas e pensadas de acordo com o perfil de cada grupo ou faixa etária.

É muito interessante pensar em semanas temáticas e trabalhar um assunto com os alunos levando conscientização e conhecimento como, por exemplo, realizar uma semana do folclore com atividades culturais e jogos tradicionais dessa época, uma semana da mineralogia, feiras culturais, feiras temáticas sobre a cultura dos países participantes da Copa do Mundo durante a realização do evento, feiras gastronômicas, feiras sobre temas históricos, etc.

Algumas dicas são importantes, uma delas é dividir grupos que possam desenvolver um trabalho em equipe e um espírito de competição saudável. Dependendo das provas e do assunto trabalhado os grupos podem ser compostos por alunos de várias faixas etárias, mas é importante ficar atento a dinâmica do grupo para não comprometer o desenvolvimento das crianças.

É imprescindível que adultos acompanhem, de perto, o trabalho dos alunos para ajudar a solucionar conflitos e oferecer segurança durante a realização das atividades. Outro fator que merece atenção é distribuição das tarefas entre os alunos. O ideal é reunir os grupos e dividir as atividades em comum acordo com as preferências e disponibilidade dos componentes.

O resultado final deve ser apresentado, de preferência, para o público externo. Pais e amigos devem ser convidados para ver o trabalho final. É bom que nessas apresentações sejam reunidas os ‘talentos’ (sempre existe um aluno que dança, canta ou que tem alguma coisa interessante para mostrar ao público) dos grupos para motivar o trabalho e o interesse dos participantes.

As atividades devem privilegiar a aquisição de conhecimento dos alunos e aprimorar a sociabilidade com pessoas diferentes, por isso, é interessante reunir em um único grupo pessoas que não fazem parte do convívio cotidiano dos participantes. Assim eles interagem com outras opiniões, diferentes das que estão acostumados, e podem expandir os horizontes sociais.

Comente no Facebook

Comente