Feijão, um grão rico em fibras e minerais

Tradicional prato da culinária brasileira, o feijão tem alto valor nutritivo e ainda facilita a perder peso!

Feijoada, caldinho ou feijão cozido e bem temperado. São diversas formas possíveis para se preparar este alimento, que possui muitos benefícios à saúde. Rico em minerais e fibras, o grão auxilia na prevenção de várias doenças. Veja a seguir como a leguminosa deve ser uma aposta para perder quilinhos extras sem passar fome.

– Efeito emagrecedor

Por ser pouco calórico, consumir feijão tem muitas vantagens. Uma concha cheia do grão tem somente 95 calorias (menos que um pão francês). Mas o que faz diferença é a capacidade do alimento de saciar a fome. Quando consumimos proteína (presente em peso no feijão), nosso cérebro compreende que já estamos satisfeitos e que está na hora de parar. O resultado disso é que acabamos por comer menos e ficamos bem nutridos.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

– Outros benefícios do grão

Além de saciar a fome de maneira nutritiva, o feijão também ajuda a combater alguns males, veja abaixo:

Anemia: por ser uma fonte de ferro, o grão ajuda a combater a doença. Una alimentos que contenham vitamina C, como laranja, nas refeições. Assim o organismo ira absorver ainda mais o mineral. Evite combinar laticínios e leite com o consumo do grão. Eles possuem cálcio, que atrapalha na absorção do ferro.
Colesterol: as fibras presentes na leguminosa ajudam a regular o intestino e, de quebra, auxiliam a minimizar os riscos de doenças cardiovasculares, diabetes e colesterol alto.
Câncer: como contêm diversas substâncias antioxidantes (como vitaminas e minerais), o consumo do feijão pode ajudar a reduzir a aparição da doença.

– Tipos de feijão

Conheça as várias categorias da leguminosa, indicada para todos os gostos:

Preto: consumido com mais frequência na região sul e sudeste do país, é o ingrediente principal da feijoada.
Branco: é mais utilizado em receitas de saladas e essencial na dobradinha.
Carioca: o mais consumido em todo o Brasil. Ideal para cozidos e acompanhante principal do arroz.
Rosinha: de tamanhão pequeno e de cor rosada, este tipo de feijão absorve melhor os temperos e cai bem com farofas, ensopados e cozidos.
Feijão de corda: acompanha o arroz no prato nordestino baião de dois e no acarajé.
Mulatinho: usado no preparo do feijão tropeiro.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.