Entenda os benefícios do balé adulto

Aulas de dança para adultos iniciantes estão cada vez mais populares.

Muitas mulheres sonharam em serem bailarinas na infância, por ser algo muito ligado à infância e muito exposto às crianças, com roupas e programas na televisão, por exemplo. É muito comum no Brasil que as crianças façam aula de balé e desistam na adolescência, por ser algo que exige tempo e dedicação. Como é muito difícil seguir carreira nesta área, o balé muitas vezes é visto como “perda de tempo” entre as jovens e seus pais.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Mas de qualquer forma, toda mulher lembra-se das aulas de balé com muito carinho, porque além de ensinarem a delicadeza e os movimentos da dança, trazem ensinamentos de disciplina e determinação, requerimentos básicos para quem quer evoluir na dança. Por isso, muitas estão voltando a vestir as sapatilhas e fazer as aulas de dança, depois de adultas.

As escolas perceberam que esta é uma ótima oportunidade para recrutar novas alunas e começaram a abrir cursos especiais focados nessas alunas. As aulas de balé não são iguais às feitas pelas crianças, o ritmo da aula é diferente: ao mesmo tempo em que é um pouco mais acelerado porque o entendimento e o raciocínio são mais desenvolvidos que os das crianças, os adultos possuem outras dificuldades físicas que são vistas com mais calma. Por exemplo, no alongamento, é possível forçar uma criança sem machucá-la, mas isso não é verdade no caso dos adultos.

Estes cursos especializados, tanto de balé, quanto de jazz, dança moderna, sapateado e outros tipos de dança focados em adultos funcionam desta forma, e trazem muitos benefícios para quem os faz: são bons para a postura, ensinam ritmo e musicalidade, forçam a concentração e são exercícios físicos, ainda que muito mais agradáveis que as aulas da academia.

Os cursos de dança são especialmente recomendados para quem não faz nenhuma atividade física e não gosta de esportes ou academia, vista por bailarinas como algo monótono demais: na dança, a atividade física acontece por conseqüência, não é o foco; mais importante que o físico de uma bailarina é a capacidade que tem de dançar e encantar seu público.

Além disso, muitas vezes são recomendados por médicos também, por corrigir a postura errada e aumentar a flexibilidade – inclusive da coluna – e corrigir problemas como pés chatos.

As alunas que fazem estes cursos os recomendam porque além dos motivos mencionados, descrevem a aula de dança como o momento livre de stress em seus dias. Não há momento melhor para esquecer o trânsito, stress do trabalho e qualquer tensão do cotidiano.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.