Dicas para saltar de paraquedas

Pensando em mergulhar no ar? Então confira algumas dicas para o primeiro salto de paraquedas.

Saltar de paraquedas é um esporte que requer coragem e preparo físico e psicológico. Apesar de ser uma experiência incrível e cada salto parece ser o único, nem todos estão preparados para esta aventura. Veja algumas dicas para aproveitar este momento inesquecível da melhor maneira possível.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

As dúvidas de quem decide saltar de paraquedas são muitas. Dá frio na barriga? Dá vertigem? Qual é o risco de o equipamento não abrir? O melhor a fazer é ir a um clube de paraquedismo e perguntar tudo o que vier à sua cabeça. Mas antes, confira em sites se o clube é confiável e o treinamento é eficaz. Todo clube deve ser filiado à Confederação Brasileira de Paraquedismo.

Em geral, quando se quer experimentar apenas por diversão, o primeiro salto é duplo (o tandem jump): você deixa o avião acompanhado por um paraquedista experiente, que é quem comanda a saída do avião, a queda e a aterrissagem. Você só precisa aproveitar a experiência, sem se preocupar com nada. Os custos variam entre 300 e 600 reais, dependendo do local.

O paraquedismo é um esporte seguro e a maioria dos riscos está relacionada ao uso inadequado dos equipamentos. Todo salto é feito com dois paraquedas e a chance de nenhum deles funcionar é quase zero. Mas a probabilidade existe, e você deve estar ciente disto, e talvez a paixão pelo esporte esteja relacionada também ao risco.

Se decidir tornar-se um paraquedista, siga à risca todas as dicas do instrutor durante o treinamento. O preparo psicológico praticamente anula todos os efeitos colaterais do salto, como enjoos e tonturas.

Nesta fase de treinamento, visite um túnel de vento, para simular a sensação. No dia anterior ao do salto, não beba. Tenha uma boa noite de sono e tome um café da manhã leve. Leve protetores auriculares, porque os aviões usados no esporte não são pressurizados e o ruído das turbinas (ou hélices) pode ser ensurdecedor.

Faça vários saltos, para ver se o paraquedismo é realmente o esporte ideal para você. Quando estiver em queda, aproveite a experiência ao máximo: sinta a flutuação, o vento no rosto, curta a paisagem. Só então, se concluir que o paraquedismo é mesmo a sua praia, comece a pensar na compra de equipamentos próprios.

Um ponto importante: quem pratica paraquedismo não pula, salta. Paraquedistas não se cansam de dizer que quem pula é sapo.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.