Dicas para beber mais água

Elimina toxinas, protege contra doenças e aumenta a resistência. Estas são algumas razões para beber mais água.

Para quem não tem o hábito, beber dois litros de água a cada dia parece um desafio insuperável. No verão, ela é facilmente substituída por sucos, refrigerantes ou bebidas alcoólicas “refrescantes”. No inverno, por chás, leite com chocolate, conhaque. No entanto, é preciso beber mais água, o líquido incolor, insípido e inodoro fundamental para a nossa saúde.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Nada contra alguns dos itens citados acima, como chás, sucos e leite. O grande problema é que o consumo quase sempre é acompanhado por boas doses de açúcar, que acelera rapidamente o metabolismo e, em seguida, dá uma freada brusca. Além disto, açúcar em excesso engorda e pode inclusive facilitar a instalação do diabetes.

Lembrando algo repetido centenas de vezes em programas de nutrição na TV, em revistas e sites: mais de 60% do corpo humano é constituído por água. Repor este “material de construção” é fundamental para a promoção da saúde.

Não há consenso de que os dois litros de água diários, cantados “em prosa e verso”, sejam realmente necessários para todos os seres humanos; cada um tem uma necessidade específica. É possível, no entanto, fazer um teste rápido: durante um dia inteiro, substitua refrigerantes e bebidas alcoólicas: esta é a quantidade ideal.

Sentir sede já é um lembrete do organismo de que está ocorrendo desidratação, quadro que prejudica o metabolismo e pode ser agravado por diversos fatores, como gravidez, amamentação, febre, diarreia, náuseas e vômitos, calor e idade (os idosos e crianças são mais suscetíveis). Nas atividades dos pequenos, é importante incentivar alguns goles entre as brincadeiras; desta forma, uma vez adquirido o hábito, ele permanecerá por toda a vida.

Prevenindo doenças

A água ajuda a manter o peso ideal, controla o apetite, melhora o sono e os níveis de energia, reduz a incidência de cáries, a formação de tártaro e as placas na gengiva, melhora a qualidade de vida de pacientes com diabetes ou insuficiência renal.

O consumo ideal de água também ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, aliado a algumas providências, como o uso de óculos escuros, chapéus e aplicação de protetores contra a exposição ao Sol.

Ao sair para caminhadas e corridas, ou mesmo para cumprir as atividades de rotina, como pagar contas no banco ou fazer compras de mercado, tenha sempre uma garrafinha (você pode escolher entre aquelas menores, de 250 ml, mais práticas de carregar).

Mesmo no inverno, é preciso manter alguns cuidados com a hidratação: basta verificar, em qualquer site de previsão do tempo, o nível de radiação solar na superfície da Terra (o índice UV). Dificilmente, em dias ensolarados, ele fica abaixo da classificação “alto”.

Em dias nublados, a classificação é “moderado”. Em todas estas situa

Como beber mais água?

Muitas pessoas chegam a ficar ansiadas frente a um copo d’água. Uma dica preciosa para beber mais do “líquido da vida”: é possível dar sabor à bebida – semelhante ao das águas aromatizadas. Não chega a ser um suco, mas o aroma e o gosto estão lá: a água deixa de ser insípida.

Quem gosta de chás pode adotar algumas receitas no dia a dia. Especialmente no verão, eles podem ser bastante refrescantes – e, como no Brasil a maior parte do território não conhece dias muito frios, com exceção da região Sul e de algumas áreas do Sudeste e Centro-Oeste, as infusões de hibisco e chá verde contribuem não apenas para a hidratação, mas apresentam efeito termogênico. Chás de alecrim e de erva-cidreira são bons auxiliares da digestão.

Podem-se acrescentar frutas fatiadas (como maçã, limão e laranja), amassadas (uvas e frutas vermelhas são ideais) ou mesmo apenas cascas. Algumas ervas, como capim-limão, cidreira, hortelã, manjericão, canela em pau e flores de cravo-da-índia, também ajudam a variar o gosto da água. O valor nutricional fica praticamente inalterável.

Águas de rosas, de flor de laranjeira e de melissa podem substituir um ou dois copos de água pura a cada dia. Estas bebidas não agregam calorias ao consumo diário, mas contêm sódio, ainda que em baixos teores. Portanto, devem ser consumidas com moderação.

Para substituir gradualmente os refrigerantes, uma dica é transformar a água em bebida gaseificada. Junte um litro de água mineral, dois copos de água com gás e outros dois de suco de fruta. Não é possível passar o dia tomando esta mistura, mas ela serve como um incentivo para beber mais água.

No entanto, é importante lembrar que todas estas receitas e dicas são apenas “atalhos” para beber mais água. O ideal é separar uma garrafinha de 500 ml e não se esquecer de enchê-la mais três vezes com água pura. Além disto, esta tarefa é muito mais prática.

Para garantir o consumo ideal, outras providências devem ser tomadas: uma moringa na mesa de cabeceira, no quarto, garante água fresca durante toda a noite. Quem já bebe água naturalmente pode se surpreender ao encontrar o recipiente vazio pela manhã, sem nem sequer se lembrar de ter acordado para beber.

Sempre que sentir fome, beba um copo de água. Ela preenche o estômago e “engana” o cérebro por alguns instantes: o organismo entende que ainda está saciado, não está na hora de comer de novo. Vale o mesmo para as refeições: uma hora antes, um copo d’água. Dois pontos importantes: procure não beber nenhum líquido enquanto está se alimentando e não mascare a fome com água: a fome é um sinal de que o organismo precisa de nutrientes para continuar “funcionando” de forma adequada.

Mais frutas

Sucos concentrados de frutas também são bem-vindos. É necessário optar por produtos integrais, sem adição de açúcar. A quantidade fica a gosto de cada bebedor de água, mas não se deve exagerar: o objetivo é apenas conferir um leve sabor. A mistura ainda facilita a digestão.

A proporção ideal é de um litro de água para 200 ml de suco concentrado.

Na hora de levar as formas de gelo ao congelador, experimente acrescentar pedaços de frutas (ou frutas inteiras, no caso de amoras, framboesas, etc.). Carambola, pedaços de morango, laranja sem sementes (para não amargar) e kiwi são boas opções. O copo de água fica colorido e elegante. Depois de derreter, basta saborear o gostinho extra.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.