Dicas de viagem para pessoas com deficiência física

Ser deficiente físico não significa não poder viajar e aproveitar a vida. Muito pelo contrário, as pessoas com deficiência física, podem sim, viajar com tranquilidade. Saiba como.

Para um deficiente físico viajar pode ser particularmente difícil e requer um planejamento. Há agentes de viagens e operadores que se especializam em ofertas de pacotes para pessoas com mobilidade condicionada. Se caso você quiser viajar de forma independente pela primeira vez, ou deseja passear com alguém nessas condições, conheça algumas dicas de viagem para pessoas com deficiência física.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Antes de ir

Planeje sempre com antecedência. Muitas companhias aéreas vão permitir apenas uma cadeira de rodas por plano; muitos hotéis têm somente certa quantidade de quartos acessíveis e será preciso que as pessoas saibam oferecer uma ajuda especial.

Entre em contato com a companhia aérea antes de viajar. Certifique-se que eles fornecem transporte para chegar ao redor do aeroporto, se você precisar, bem como ajudar a entrar e sair do avião.

Procure por hotéis que possuam rampas para cadeiras de rodas e que possuam 24 horas de atendimento de serviço de quarto – apenas no caso de você precisar dele.

Pesquise o seu destino

A acessibilidade pode ser muito limitada em algumas áreas. Verifique em sites e guias para obter detalhes sobre a acessibilidade para a maioria das cidades. Ruas pavimentadas, prédios altos sem elevadores, ou cidades montanhosas podem tornar a viagem difícil se você estiver em uma cadeira de rodas. Verifique as opções de transporte disponíveis, especialmente se você for viajar com um orçamento baixo. Os trens, metrôs, ou barcos, são fáceis de entrar e sair? Será que vão transportar cadeiras de rodas? Os táxis são um método infalível de se locomover na maioria dos lugares, mas pode sair caro no final.

Pesquise seu hotel

Ligue para o hotel com antecedência e pergunte sobre os serviços que eles têm para deficientes físicos. Não dependa de agentes para obter informações; certifique-se de falar com o hotel diretamente. Certifique-se de obter todos os detalhes. Se possível, consiga uma confirmação por escrito sobre os serviços que têm disponíveis, especialmente se o acesso de cadeira de rodas é necessário.

Embale com cuidado

Atente-se sobre qualquer medicação que você precisa está em sua mala de mão, pode acontecer de sua bagagem despachada ser perdida. Alguns medicamentos precisam ser mantidos sob certa temperatura.

Se você estiver viajando para algum lugar quente, carregue um saco térmico com você e confirme se o hotel que está hospedado possui um frigobar no quarto. Realize a prescrição de reposição, se possível, apenas no caso de você perder alguma coisa, e pergunte ao seu médico para escrever o nome de medicamento genérico em vez de um nome de marca, caso este difere em cada país.

No ar

Confirme com a companhia aérea, 48 horas antes de viajar, se eles têm detalhes de quaisquer pedidos especiais que você fez. Faça o check-in mais cedo possível para caso você precisar de ajuda com embarque e acompanhamento.

– Solicite que a sua cadeira de rodas seja armazenada a bordo, ao invés de colocarem no porão. Aviões geralmente só permitem uma cadeira de rodas por voo, portanto, um check-in cedo pode ajudar a garantir o seu lugar.

– Identifique sua cadeira de rodas claramente, com uma etiqueta dizendo para onde você está partindo, onde está indo, onde você estiver hospedado e um endereço de sua casa.

– Pergunte se há um corredor disponível para que você possa ir ao banheiro com mais facilidade durante o voo. Também verifique se há um atendente particular que pode ajudá-lo.

Em sua viagem

Esteja preparado para explicar às pessoas exatamente como eles podem auxiliá-lo se você precisar de ajuda. A maioria das pessoas estão dispostas a ajudar a carregar ou empurrar uma cadeira de rodas, mas as vezes têm receio em oferecer a menos que você pergunte a elas.

Se alguma coisa não é o que foi prometido a você, a única coisa a fazer é reclamar. Reembolsos podem ser difíceis de obter uma vez que você voltou para casa. Exija um novo quarto se precisar, ou mesmo um outro hotel.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

  • Olá, Angélica! Adorei suas dicas! Estou fazendo um trabalho p faculdade e elas vão me ajudar mt! Soh gostaria de fazer uma ressalva, pois sou comissária de voo, e não há espaço nos aviões p guardar as cadeiras, salvo raras excessões , em aviões mt grandes. As cadeiras vão sempre no porão. E aqelas q possuem baterias, tem algumas restrições. Seu transporte dv ser verificado junto à empresa aérea.
    Espero ter ajudado.

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.