forbrukslån til depositum | forbrukslån raskt | refinansiering

Dicas para combater a insônia e dormir melhor

A falta de sono afeta 40% da população mundial. Confira algumas dicas para combater a insônia.

Algumas raras pessoas simplesmente deitam e dormem. Para boa parte da população, porém, conciliar o sono não é uma tarefa fácil. São horas se virando na cama, sempre esperando que o sono chegue, prejudicadas pela ansiedade de ter que acordar cedo, na manhã seguinte, para cumprir as tarefas do dia. Mas é possível combater a insônia com algumas dicas simples, desde que ela não seja determinada por algumas enfermidades mais sérias.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

A insônia parece afetar mais as mulheres que os homens e está relacionada a uma série de doenças, que vão da obesidade è depressão. Quem demora mais de 30 minutos para dormir, acorda durante a noite ou desperta muito cedo com a sensação de não ter descansado o suficiente precisa seguir estes conselhos.

A vida cotidiana é corrida e cheia de atividades. A dificuldade para relaxar, por não conseguir sair do ritmo frenético imposto pelos muitos compromissos do dia, é responsável por diversos problemas de saúde: por exemplo, o risco de desenvolver doenças cardiovasculares crônicas e agudas, como o infarto do miocárdio, é 50% maior entre as pessoas que enfrentam dificuldades para dormir. Por isto, é importante seguir estas dicas para combater a insônia e garantir a qualidade de vida.

Em determinada hora da noite, bate um soninho. Procure identificar este momento e deite-se neste horário, mesmo que considere ser cedo demais. É uma dica do organismo, que traz uma informação preciosa: o relógio biológico indica que está na hora de dormir. Tente dormir todo dia nesta hora e, com alguns dias, estará organizado o ciclo circadiano, expressão latina que significa “cerca de um dia”.

Televisores, celulares e computadores fazem parte do nosso dia a dia. A conexão com a internet se tornou tão natural, que estão permanentemente “plugados”. No entanto, para dormir bem, é preciso se afastar nos eletrônicos. Nas últimas horas do dia, procure se afastar deles. Um livro ajuda a relaxar, ao passo que navegar pela internet ou acompanhar os muitos lances de um filme mantêm a atenção desperta. Fique longe da TV e da rede mundial, para conseguir uma boa noite de sono.

Apague a luz. Nós somos mamíferos de hábitos diurnos e o ciclo do sono depende da iluminação. Quando está claro, o organismo entende que é hora das atividades:
alimentar-se, proteger-se, procurar companhia. É preciso lembrar que a civilização tem apenas seis mil anos e a eletricidade é muito mais jovem: tem menos de 200 anos.

Mas a energia pode ser um forte aliado para combater a insônia. Especialmente nos locais mais quentes – a imensa maioria do território brasileiro –, ventiladores e aparelhos de ar condicionado ajudam a refrescar o ambiente. O corpo muito aquecido determina um sono superficial e inquieto. O pequeno barulho dos aparelhos não interfere na qualidade do sono, desde que seja permanente e contínuo. A boa ventilação no quarto de dormir – inclusive com portas e janelas abertas – é um bom auxiliar para uma noite de sono.

Um relaxamento é importante para combater a insônia. Não é uma técnica muito popular no Ocidente, e costumamos nos deitar com o corpo tenso. Uma dica interessante para dormir é contrair todos os músculos e em seguida relaxá-los. Basta observar os pontos de tensão e excluí-los um a um, da face à ponta dos pés. Faça isto diariamente e perceberá as vantagens quase imediatamente. Meditar – por exemplo, imaginar-se deitado num gramado tranquilo – também é uma boa forma de eliminar a tensão.

Tome um banho morno um pouco antes de se deitar e deixe os problemas do cotidiano irem pelo ralo junto com as tensões do corpo. Certamente, eles terão que ser resolvidos ou equacionados no dia seguinte, mas a hora de dormir não é o momento adequado para se fixar neles. Como diz a Bíblia, “tudo tem o seu tempo certo”, e o tempo noturno foi feito para o sono.

A insônia pode ser sintoma de diversos problemas de saúde. Se ela é frequente e, mesmo com estas dicas, não for superada, é preciso consultar um médico. Pode ser necessário o uso de medicamentos por algum tempo, mas nada de apelar para a automedicação, que pode mascarar problemas de saúde e prejudicar seriamente a qualidade de vida.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.