Data do Carnaval 2014

Por se tratar de uma festa móvel, as datas não são as mesmas, o Carnaval de 2014 vai cair bem tarde: no dia 4 de Março. Isto acontece porque a fixação da data está relacionada a um calendário bem antigo, o lunissolar.

Observando o movimento aparente da Lua (que determina as semanas) e do Sol (responsável pela passagem do ano), homens da Antiguidade conseguiram calcular com relativa precisão a duração do ano. Para eles, um ano se completava quando o Sol descrevia sua trajetória entre as 12 constelações que formam o zodíaco; cada mês era regido por uma constelação. Trata-se de uma criação de povos da Mesopotâmia, que acreditavam numa pretensa influência das estrelas na vida humana e assim criaram a astrologia.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

O problema deste calendário é que os anos são mais curtos do que a translação da Terra e assim ele sofre defasagem de ano em ano; sem correções, as estações do ano sofreriam fortes abalos e por isto ele foi modificado várias vezes. No século I, a regra geral entre os povos do Oriente Médio era incluir um mês extra, de 29 dias, em sete de cada ciclo de 19 anos.

Neste período viveu Jesus, considerado o fundador do Cristianismo, a religião com maior número de adeptos no mundo e também a mais comum no Ocidente. De acordo com a tradição, Jesus pregou por três anos na Palestina, ao final dos quais, foi morto, considerado culpado por insuflar a rebelião contra Roma (ou por se autointitular rei dos judeus). Os cristãos acreditam que Jesus ressuscitou no primeiro domingo depois do seu martírio, que ocorreu dias antes da Pessach judaica, data em que os judeus comemoram a libertação dos hebreus, que permaneceram por dezenas de anos cativos no Egito.

Os primeiros cristãos adotaram a data para comemorar a ressurreição – a Páscoa –, o principal dogma de fé, segundo o qual Jesus venceu a morte e se reuniu a Deus. A data móvel foi ratificada pelo Concílio de Niceia em 325, quando os europeus já haviam adotado outro calendário, o juliano, instituído em 46 a.C. por um dos maiores líderes romanos: Júlio César.

O Carnaval é um período de festas populares, comum a vários povos europeus, para marcar o retorno da primavera e, portanto, das colheitas e da fartura. A Igreja Católica decidiu introduzi-lo em seu calendário exatamente 47 dias antes da Páscoa. A data marca o início de um período de reflexão e orações – a Quaresma –, especialmente entre os católicos, que devem se abster de comemorações e jejuar ou alimentar-se frugalmente. Até a terça-feira de Carnaval, festas de rua são realizadas e a “carne vale”. Historiadores discutem se a proibição foi imposta em relação ao consumo de carne, ou a prática de relações sexuais.

Este calendário era quase exato e só foi substituído em 1582 pelo vigente até hoje: o calendário gregoriano. A partir de então, os anos bissextos foram reduzidos: continuam ocorrendo a cada quatro anos, com exceção dos anos divisíveis por 400 (1600, 2000, 2400, etc.). Quando o calendário gregoriano foi introduzido, já havia uma defasagem de dez dias entre o ano solar (o movimento de translação ou ano real) e a contagem dos dias na Europa. Por isto, os países católicos foram dormir no dia 4 de outubro e acordaram no dia 16 de outubro.

Mesmo assim, a fixação da data da Páscoa foi mantida: ela sempre acontece no primeiro domingo após a lua cheia de primavera (no hemisfério norte), com uma exceção: o feriado deve ocorrer entre 22 de março e 25 de abril. Se o cálculo extrapolar este período, ela deve ser celebrada no domingo anterior ou posterior. Com isto, corrigem-se eventuais distorções.

Com esta fórmula, chegamos à data do Carnaval de 2014: a primeira lua cheia da primavera (outono no Brasil e em todo o hemisfério sul) cai no dia 15 de abril; portanto, a Páscoa será celebrada pelos cristãos no dia 20. Portanto, retrocedendo 47 dias, chegamos à Mardi Gras, como os franceses chamam a Terça-Feira Gorda, último dia dos festejos de Momo, mesmo que, no Brasil, ele continue celebrado durante toda a semana e em muitas outras ocasiões, as micaretas, ou carnavais fora de época.

Para saber como calcular a data do Carnaval, acesse: Como calcular a data do Carnaval?

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.