Cursos de graduação a distância gratuitos

Excelente opção para quem não tem tempo, os cursos de graduação a distância são cada vez mais procurados.

Com a popularização da internet no Brasil, a partir dos anos 1990, os cursos a distância chegaram timidamente, mas hoje são uma realidade inconteste. A graduação a distância é oferecida por diversas instituições universitárias públicas, em especial as federais. A Universidade de São Paulo formou um grupo de trabalho para sistematização do ensino a distância na USP.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

O melhor exemplo é a Universidade Aberta do Brasil, criada com a finalidade de capacitar professores leigos, especialmente em regiões mais afastadas. Em escolas do interior do país, ainda é comum encontrar professores que nunca cursaram bacharelado ou licenciatura, apesar de lecionarem há vários anos. Com a UAB, foi possível oferecer cursos de graduação a distância gratuitos, além de cursos de reciclagem e capacitação para os já formados. É possível cursar Letras, Matemática, Pedagogia, História e outros cursos voltados ao magistério.

Existem outros exemplos: a Universidade Federal do Rio de Janeiro e outras cinco universidades criaram um consócio (o Cederj) e oferecem mais de 3,5 mil vagas nas carreiras de Administração, Biologia, Física, História, Matemática, Pedagogia, Química Tecnologia em Sistemas de Computação e Turismo.

A maioria das universidades federais mantêm cursos de graduação a distância, todos gratuitos. Confira as ofertas nos sites das instituições.

Alguns especialistas apontam uma restrição para a graduação a distância. Alunos entre 18 e 24 anos devem preferencialmente optar pelos cursos presenciais, para obter as vantagens da vivência universitária com colegas e professores, não apenas nas aulas. Os eventos e atividades enriquecem a bagagem educacional e cultural.

Mas nem sempre isto é possível. A maioria dos estudantes brasileiros, para fazer um curso superior, precisa deixar seu município, em função da inexistência de instituições de ensino superior na maioria das cidades brasileiras. Nas metrópoles, apesar da oferta regular de cursos, as distâncias e dificuldades de deslocamento podem ser impedimentos.

Ao optar por uma graduação a distância gratuita ou não, o aluno deve considerar:

  •  a idoneidade da instituição. Isto pode ser feito numa consulta ao site da secretaria de educação, ou em contato com alunos;
  •  confira as ferramentas disponibilizadas ao aluno. Estes cursos devem oferecer interação entre alunos e professores, bibliotecas virtuais com bons acervos e suporte online para tirar dúvidas;
  •  verifique se o curso é realmente a distância ou exige que o aluno vá à faculdade uma ou duas vezes por semana. Isto pode impedir a regularidade do curso, no caso de os horários do estudante não serem flexíveis.

Todos os cursos de graduação devem expedir certificado de conclusão do bacharelado, licenciatura ou curso de tecnologia. Consulte o Ministério da Educação para ver se a situação da faculdade é regular e aproveite para conferir qual a avaliação do MEC sobre a instituição e o curso específico que você pretende fazer.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.