Curiosidades sobre a fórmula 1

Nascida em 1950, a fórmula 1 é o espetáculo de velocidade mais aclamado no mundo. Saiba um pouco mais sobre sua história e as curiosidades sobre a fórmula 1.

Todo homem adora velocidade, e pensando nesse gosto é que a Fórmula 1 nasceu em 1950. De lá pra cá muita coisa mudou, melhorou. Com novas tecnologias, os carros ficaram mais rápidos e bonitos, novas escuderias foram criadas e muitos pilotos ficaram conhecidos e consagrados. Se você é um fã assumido desse evento, aqueça os motores e leia a seguir algumas curiosidades sobre a Fórmula 1, além de um pouco sobre sua história de sucesso nas pistas.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Início

A Fórmula 1 começou oficialmente em 13 de maio de 1950 no circuito de Silverstone na Inglaterra. No início, a fórmula 1 tinha apenas 6 grandes prêmios, todos eventos feitos apenas na europa. Com o passar do tempo a fórmula 1 foi crescendo e hoje temos 20 grandes prêmios que compreendem todos os continentes do mundo.

Alfa romeo, masserati e carros esportivos modificados, eram inicialmente as máquinas usadas nas corridas de fórmula 1, a Ferrari chegou algumas corridas depois da grande corrida inaugural. Naquela época os carros não eram nem de longe esses carros cheios de tecnologia que vemos correr atualmente. Eram carros de lataria e motor pesados, a borracha dos pneus não durava muitas rodadas e praticamente não havia segurança para o piloto.

Curiosidades sobre a fórmula 1

· Até 1968, escuderias como Ferrari, mercedes benz, alfa romeo e porsche, recebiam patrocínio apenas de empresas do setor petrolífero e fabricantes de pneus? Desse ano em diante, elas puderam começar a obter patrocínio de outras empresas que nem precisam ter alguma relação com carros ou velocidade.

· Apesar de ser um esporte machista, a fórmula 1 já teve mulheres entre seus pilotos, 5 para ser exata. A primeira foi a italiana Maria Teresa de filipis que correu pela masserati entre 58 e 1959. A última foi a também italiana Giovanna Amati em 1992.

· Até a década de 60, a fórmula 1 perdeu muitos pilotos devido a suas corridas precárias em segurança. A partir de um acidente do tri campeão John Stewart é que começou a se ter uma preocupação maior com a vida dos pilotos.

· A partir da década de 80 grandes nomes da fórmula 1 começaram a ser reconhecidos como Nigel Mansell, Alain Proust e os brasileiros Nelson Piquet e o saudoso Airton Senna.

· Foi Airton Senna e Alain Prost que encabeçaram uma das corridas mais emocionantes até hoje. No grande prêmio do japão, Senna começou na pole position mas problemas no motor foi para os boxes caindo de primeiro para décimo quarto lugar. Alain Prost aproveitou e ficou em primeiro, porém por pouco tempo. Senna voltou e numa arrancada impressionante, conseguiu passar todos os adversários e ficar em segundo, conquistando o primeiro lugar e vencendo a corrida.

· O ano de 1994 é considerado o ano dos acidentes e mortes na fórmula 1. Pedro Lamy e J.J Letho bateram em uma das corridas mas saíram ilesos, já Karl Wendlinger piloto da sauber, sofreu um grave acidente em Mônaco e ficou em coma e se recuperando depois porém, nunca mais voltou a correr. No grande prêmio de san marino o brasileiro e tri campeão AirtonSenna de 34 anos, morre ao passar reto pela curva de tamborello e se chocar com o muro sem proteção. O curioso é que o piloto Roland Ratzenberger morreu no mesmo circuito mas na curva villenueve apenas 1 dia antes. Depois da morte dos pilotos, todos os circuitos tiveram que ter paredes de proteção com pneus.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.