Cuide da higiene e previna-se de três tipos de doenças

Saiba como se prevenir de doenças respiratórias, alimentares e de pele, apenas cuidando dos hábitos de higiene

Você sabia que é possível evitar alguns tipos de doenças apenas com hábitos de higiene? Pois acredite. Alguns males provenientes do ar e dos alimentos podem ser facilmente prevenidos se você cuidar bem do seu asseio. Saiba mais abaixo.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

1- Infecções respiratórias:
São diversas doenças causadas por vírus e bactérias, são elas: resfriados, dores de garganta e ouvido, pneumonia, sinusite e bronquite. Os sintomas comuns são: febre alta, dores musculares, cansaço, tosse, coriza, dores de cabeça e corpo.
Transmissão: Ocorre através das vias respiratórias. Por exemplo, se alguém com o vírus da gripe tosse perto de você, ou por meio do contato das mãos contaminadas com membranas mucosas do rosto, como boca, nariz e olhos.
Prevenção: Fique longe de pessoas doentes e lave bem as mãos.

2- Infecções alimentares
Salmonella, estafilococos e E. coli, são bactérias que podem provocar infecções gastrointestinais. Elas contaminam alimentos, causam gastroenterite (infecção que ataca o estômago e intestino) e diarreia. Os sintomas são cansaço, náuseas e vômitos.
Transmissão: Consumo de alimentos contaminados ou contato por mãos contaminadas.
Prevenção: Atente-se ao manusear os alimentos. Se, por exemplo, for preparar carne – que, durante o processo, terá as bactérias mortas pelo calor -, lave bem as mãos antes de pegar em outros alimentos ou mesmo nos talheres e pratos.

3- Doenças de pele
Alguns exemplos são: impetigo (surge quando um machucado não é bem higienizado), foliculite (aparece depois da depilação), furúnculo (inflamação com pus) e eczema (causa vermelhidão e inchaço, pode ser provocado por alergias também).
Transmissão: Ocorre através do contato da área machucada com outra lesão ou mucosa. Se você, por exemplo, coçar uma ferida já aberta, há muitas chances de bactérias presentes nas unhas penetrarem na corrente sanguínea e piorar o problema, ou surgir outro maior.
Prevenção: Tome banho diariamente, esfregando o corpo com sabão e sempre que lavar as mãos, dê atenção especial as unhas. E evite coçar feridas.

• Diferenças e semelhanças entre bactéria e vírus
O que eles têm em comum é a força e o tamanho para se multiplicar rapidamente pelo organismo, e são tão pequenos que não podem ser visualizados a olho nu. Existem aos bandos e até hoje os cientistas não sabem dizer quantos tipos existem, mas afirmam que eles estão por todos os lugares, incluindo nossa pele e dentro do nosso corpo.

No caso das bactérias, algumas até nos fazem bem, como os lactobacilos presentes nos iogurtes, que, por exemplo, ajudam a regular a flora intestinal. No entanto, a maior parte delas é também culpada pelo aparecimento de doenças graves como pneumonia e cólera.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.