Cuidado com as sacolas retornáveis

Como forma de diminuir o estrago ao meio ambiente, as sacolas retornáveis entraram no mercado, mas elas podem se tornar um estoque de bactérias. Saiba como agir.

Aos poucos as sacolas plásticas vão saindo do mercado com o objetivo de reduzir o impacto na natureza. No entanto, um estudo realizado pelo laboratório de análises SFDK, a pedido do jornal Agora S. Paulo, descobriu que, dentre 100 sacolas estudadas, 88 continham micro-organismos. Abaixo conheça algumas dicas dos especialistas para manter o cuidado com as sacolas retornáveis e manter as bactérias e fungos longe dos seus alimentos.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Prefira produtos embalados

· Os produtos industrializados e embalados eletronicamente promovem menos riscos, já que não há contato direto.

· O principal problema se encontra em produtos do setor de hortifrutigranjeiro, que ficam muito expostos, e em bandejas de carnes e peixes, já que pode ocorrer vazamentos.

· Quando não houver a limpeza certa, os resíduos desses alimentos presentes na sacola favorecem para o desenvolvimento de micro-organismos que podem causar doenças.

Entenda por que

· Não é uma regra. A presença de fungos e bactérias não necessariamente significa que acontecerá algum dano à sua saúde.

· No entanto, uma vez que os alimentos entram em contato com coliformes ou até mesmo salmonelas (conjunto de bactérias responsável por intoxicações alimentares fortes e outras doenças, como as infecções gástricas), podem ser infectados e, se você consumi-los sem a devida higienização, pode se contaminar.

· São diversas doenças relacionadas a esses micro-organismos e a reação mais frequente é a diarreia.

· Por esses motivos, além de tomar cuidado com a sacola, é necessário se atentar com a forma de preparo e não descuidar da higiene do que você consome, para não criar um ciclo infeccioso: alimentos empesteiam a sua sacola com micróbios, que passam para outros produtos que estão alocados no mesmo recipiente e podem parar na sua mesa.

· O mesmo acontece com o bolor: mesmo que não causam doenças, os fungos reduzem a validade e qualidade dos alimentos. Por isso, é preciso tomar o máximo de cuidado para que os produtos não entrem em contato com o mofo alojado na sua sacola.

Como agir

· Voltou do supermercado e guardou as compras? O próximo passo a ser realizado é bem simples: basta água e sabão para limpar a sacola, por dentro e por fora, e deixe secar.

· Não se esqueça de lavar as mãos após tocar nos produtos.

· Se for possível, separe suas compras em dois recipientes: um para armazenar somente produtos de limpeza, e o outro, os alimentos.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.