refinansiering forbrukslån | billig forbrukslån | raskt forbrukslån

Conheça todos os modelos de redação

Existem três modelos de redação: narração, dissertação e descrição. Conheça cada uma destas formas de redação e saiba como aplicá-las.

É muito importante saber quais são os tipos de redação e como aplicá-los, uma vez que existe diferença entre uma redação dissertativa, narrativa ou descritiva. Veja abaixo um resumo bem completo sobre cada modelo de redação e entenda como construir textos de acordo com cada um destes três tipos.

Gosta de Curiosidades? Entretenimento? Vídeos legais? Clique para curtir o Blogadão

Dissertação
O texto dissertativo é aquele tipo de texto onde discorre-se de forma argumentativa em cima de uma idéia ou tema. Neste tipo de texto, a introdução deve ser considerada como o ponto onde se apresenta um breve resumo do conteúdo que será abordado. Na parte do desenvolvimento, as idéias e defesas devem ser expostas de forma clara e abrangente, utilizando o número de parágrafos necessários ou delimitados para tal discurso. Na conclusão de uma redação dissertativa deve-se fechar e concluir sobre o tema abordado de forma sucinta e coerente com tudo o que foi apresentado desde a introdução e desenvolvimento.

Narração
A principal característica de uma redação narrativa é a apresentação dos fatos. Essa narração pode conter personagens e também fatos. Esse tipo de texto é muito recorrente em livros, matérias, artigos, jornais e publicações do gênero. De uma forma geral, o texto narrativo é aquele que chamamos de “texto que conta uma história”. Com isso, não necessariamente existe uma linearidade nos fatos relatados e isso é permitido, desde que o texto em si seja coeso com o seu propósito. Além disto, o narrador pode ou não se fazer presente dentro do texto. Quando temos personagens numa narração é empregada a primeira pessoa do tempo verbal e quando temos um narrador ou observado citando os fatos é empregada a terceira pessoa do tempo verbal.

Descrição
A redação descritiva tem o objetivo claro de descrever um fato, ato, objeto, sentimento, etc. O foco é transmitir uma informação detalhada sobre o tema escolhido, fazendo com que o leitor possa formar uma idéia ou imagem sobre o assunto abordado. A descrição pode ser objetiva – quando apresenta o tema de forma clara e objetiva – ou subjetiva – quando permite que o leitor tenha uma liberdade de interpretação sobre o tema discorrido.

Para ambos os tipos de redação é sempre importante lembrar que uma boa pesquisa e domínio do tema a ser abordado são essenciais para que se tenha um conteúdo de qualidade e que não seja baseado em argumentos falhos e que possam tornar o texto redundante e sem conteúdo.

Siga-nos no Facebook
Receba atualizações do Blogadão no seu email,
ganhe brindes e participe de promoções!
É gratuito!

Comente no Facebook

01 Comentário

Comente

Receba atualizações no seu email.
Participe de Promoções.